Quinta-Feira, 21 de Fevereiro de 2019 - 18:09 (Meio Ambiente e Ecologia)

L
LIVRE

IBAMA E PF APREENDEM 160 CANÁRIOS-DA-TERRA NO AEROPORTO DE BRASÍLIA

Em 2018, o infrator já havia sido autuado pela Polícia Civil em Vilhena (RO) por transportar 180 canários em ônibus interestadual que seguia para São Paulo.


Imprimir página

Brasília – Agentes do Ibama em conjunto com a Polícia Federal (PF) apreenderam nesta segunda-feira (18/02) 160 canários-da-terra vítimas do tráfico no Aeroporto de Brasília. O responsável pelo transporte ilegal dos animais havia chegado de Boa Vista (RR) e foi detido antes de embarcar em conexão para Ribeirão Preto (SP).

De acordo com a investigação, lacres coloridos nas patas dos canários diferenciavam os de maior valor, destinados a rinhas, dos que seriam usados em torneios de canto.

Transportados em uma bolsa sem aberturas para ventilação, os animais foram despachados como bagagem comum e acomodados no compartimento inferior da aeronave, o que caracteriza maus tratos.

Em 2018, o infrator já havia sido autuado pela Polícia Civil em Vilhena (RO) por transportar 180 canários em ônibus interestadual que seguia para São Paulo.

“Nos últimos dois anos, o investigado foi flagrado três vezes transportando animais silvestres sem autorização, o que evidencia a prática de tráfico”, afirma o coordenador-geral de Fiscalização Ambiental, Renê Luiz de Oliveira.

Para participação em torneios de canto, é necessário que os animais estejam acompanhados de nota fiscal ou pertençam ao plantel de criadouros autorizados, o que não ocorreu em relação aos canários apreendidos.

Os agentes ambientais aplicaram duas multas de R$ 80 mil cada: por maus tratos e pelo transporte de espécimes da fauna silvestre sem permissão da autoridade responsável.

Os pássaros foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) para avaliação. As investigações serão mantidas com o objetivo de identificar e punir outros possíveis integrantes da rede criminosa.

Fonte: 010 - ibama.gov

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias