Terça-Feira, 14 de Abril de 2020 - 15:23 (Saude)

L
LIVRE

HOSPITAL INFANTIL COSME E DAMIÃO MUDA FLUXO DE ATENDIMENTO PARA EVITAR TRANSMISSÃO DO CORONAVÍRUS

Tendas e barracas foram montadas na área externa da unidade, onde será feita a triagem de todas as crianças.


Imprimir página

Para enfrentar a pandemia causada pelo coronavírus, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), vem montando diversas estratégias, focando sempre na prevenção para conter a transmissão do vírus. Diante disso, o fluxo de atendimentos no Hospital Infantil Cosme e Damião (HICD) teve mudanças.

Tendas e barracas foram montadas na área externa da unidade, onde será feita a triagem de todas as crianças. “A partir desta segunda-feira (12), os atendimentos funcionarão da seguinte forma: as crianças passarão pela triagem nas tendas, caso tenha algum sintomas respiratórios serão atendidas na segunda entrada. Após serem avaliadas, e apresentando outro sintoma referente à covid-19, serão levadas para a ala montada para receber esses pacientes suspeitos ou confirmados, ficando em observação até a confirmação ou não da doença. No caso de outros sintomas não relacionados à doença respiratória, será atendida na primeira recepção, lembrando que temos quatro pediatras de plantão”, disse Sergio Pereira, diretor do HICD.

Sergio Pereira, diretor do HICD

O diretor ressalta ainda que essa medida é para evitar aglomerações e prevenir a doença. “As crianças que chegam com suspeitas de coronavírus, apresentando todos os sintomas, como medida de precaução os médicos as mantém em observação até ser confirmada ou descarta a doença. Lembrando que não temos nenhum caso de criança confirmada com a Covid-19 em nossa unidade”, destacou Sergio Pereira.

Ainda de acordo com Sergio Pereira, a unidade está preparada para receber possíveis crianças com coronavírus. “Além da ala com sete leitos de UTIs e mais 18 leitos clínicos, temos também sala de punção exclusiva para atender esse paciente e outra de observação. Nosso objetivo é que crianças com suspeitas de coronavírus tenham atendimento diferenciado, evitando a transmissão do vírus”, frisou.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias