Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020 - 11:38 (Polícia)

18
Não recomendado para menores de 18 anos

HOMEM DE 58 ANOS PROCURA POLÍCIA CIVIL DE RONDÔNIA E CONTA ONDE ESTAVA ENTERRADO O CORPO DA ESPOSA, EM MATO GROSSO

Corpo da idosa foi encontrado enterrado no quintal da casa e marido da vítima diz que só não foi morto porque conseguiu fugir


Imprimir página

Na manhã de ontem, um homem de 58 anos, identificado como Rodrigo Marques Rodrigues, procurou uma Delegacia da Polícia Civil na cidade de Ji-Paraná, na região central de Rondônia, para registrar um Boletim de Ocorrência que acabou revelando um assassinato em Mato Grosso.

Ao apresentar a queixa, Rodrigo contou que a esposa, Maria Aparecida de Souza, 61 anos, havia sido morta durante um assalto em uma comunidade na zona rural de Brasnorte, cidade matogrossense a 579 km de Cuiabá. O homem disse que havia tentado denunciar o crime em Mato Grosso, mas os policiais não quiseram ouvi-lo.

Quando o denunciante contou o local onde estava escondido o corpo da companheira, a Polícia Civil de Rondônia passou a informação imediatamente para a Delegacia de Brasnorte.

Com base na descrição feita pelo homem em Ji-Paraná, uma guarnição da polícia da cidade matogrossense foi até a Gleba Tibagi e localizou o cadáver, a cerca de 500 metros da residência onde a vítima morava, nas margens de uma estrada. Conforme as informações, a família teria registrado um boletim de ocorrência porque Maria estava desaparecida desde o último sábado (16).

Considerado suspeito, o homem que registrou a ocorrência, contando que o assalto que resultou no assassinato aconteceu no último sábado, 16. Ele foi liberado após fazer as revelações, mas deverá ser interrogado novamente pela Polícia Civil de Mato Grosso, para dar detalhes do suposto assalto com morte do qual teria escapado.

Fonte: Folha do Sul Online

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias