Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019 - 08:52 (Educação)

L
LIVRE

GUIA COMPLETO DO ENEM 2019: VEJA RECOMENDAÇÕES PARA A PROVA

Neste ano, 4,4 milhões de estudantes poderão usar as notas do exame para entrar no ensino superior em 2020


Imprimir página

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já podem acessar o Cartão de Confirmação da Inscrição e conferir o local onde farão as provas nos dias 3 e 10 de novembro. Os cerca de 5,1 milhões de candidatos podem consultar o cartão disponível, na Página do Participante ou pelo aplicativo do Enem.

Qualquer pessoa pode fazer o exame, mas os treineiros, aqueles que não têm 18 anos até o dia da prova e não vão concluir o ensino médio em 2019, só podem usar o resultado para autoavaliação de conhecimentos. Os estados com mais inscritos no Enem 2019 são: São Paulo (816 mil), Minas Gerais (534 mil), Bahia (395 mil), Rio de Janeiro (339 mil), Ceará (294 mil), Pará (279 mil) e Pernambuco (275 mil).

Perfil dos Participantes

Os números do Enem 2019 ainda mostram que 58,7% dos inscritos já terminaram o ensino médio e 28,8% vão concluir ainda este ano. Isso significa que 87,5%, ou 4,4 milhões de estudantes, poderão usar as notas do exame para entrar no ensino superior no ano que vem. Os treineiros, participantes que não vão concluir o ensino médio este ano, são 12,1%.

Aplicação, datas e horários

3 de Novembro

- Linguagens, códigos e suas tecnologias;

- Redação;

- Ciências humanas e suas tecnologias.

 

Duração: 5 horas e 30 minutos

 

- 12h – Abertura dos portões;

- 13h – Fechamento dos portões;

- 13h a 13h30 – Procedimentos de segurança na sala de prova;

- 13h30 – Início das provas;

- 19h – Término das provas. 

 

10 de Novembro

- Ciências da natureza e suas tecnologias.

 

Duração: 5 horas

 

- 12h – Abertura dos portões;

- 13h – Fechamento dos portões;

- 13h a 13h30 – Procedimentos de segurança na sala de prova;

- 13h30 – Início das provas;

- 18h30 – Término das provas.

 

O gabarito oficial para fins pedagógicos será publicado no dia 13 de novembro. Já o resultado do Enem 2019 está previsto para janeiro de 2020.

O que levar

Este ano, será eliminado o participante que deixar o aparelho eletrônico emitir qualquer tipo de som durante a prova, mesmo que o equipamento esteja no envelope lacrado. Ou seja, os alarmes devem estar desativados e os telefones desligados. Para realizar o exame, é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente, a única permitida.

Obrigatório:

- Caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente;

- Documento oficial de identificação original com foto. Fique esperto! Nem tente levar cópias simples, cópias autenticadas ou documentos sem foto.

 

Aconselhável:

- Cartão de confirmação de inscrição;

- Declaração de comparecimento impressa para assinatura do chefe de sala (caso precise do documento).

 

Documentos válidos:

- Cédulas de identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;

- Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;

- Carteira de Registro Nacional Migratório;

- Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;

- Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;

- Carteira de Trabalho e Previdência Social;

- Certificado de Dispensa de Incorporação;

- Certificado de Reservista;

- Passaporte;

- Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;

- Identidade funcional.

 

Atenção!

Quem chegar ao local de provas sem um documento válido deverá aguardar uma possível entrega do documento fora do local de provas. Não será aceito qualquer documento em formato eletrônico. Quem perdeu ou teve o documento roubado deverá apresentar um Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação.

O cartão-resposta/folha de redação terá seu nome, virá encartado no caderno de questões e será entregue a partir das 13h. Depois desse horário é proibido ir ao banheiro sozinho.

 

Novidades

A folha de rascunho está garantida e será pautada para a redação — no primeiro dia de prova — e sem pauta para os cálculos — segundo dia. A única mudança é que o rascunho deixa de ser uma folha avulsa. O espaço livre ficará na última página do caderno de questões, que pode ser destacado.

Itens proibidos

- Borracha;

- Corretivo;

- Chave com alarme;

- Artigo de chapelaria;

- Impressos e anotações;

- Lápis;

- Lapiseira;

- Livros;

- Manuais;

- Régua;

- Óculos escuros;

- Caneta de material não transparente;

- Dispositivos eletrônicos (wearable tech, calculadora, telefone celular, smartphone, tablet, pen drive, mp3, relógio);

- Fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens.

 

Antes de entrar na sala você receberá um envelope porta-objetos para guardar todos os itens “proibidos”. Guarde o envelope embaixo da carteira, com eletrônicos desligados.

Seu resultado no Enem pode ser usado para acesso à educação superior no Brasil e em algumas instituições de Portugal, além de programas governamentais de financiamento e apoio ao estudante.

Fonte: Francisco Rodrigo/Newsrondonia - Metrópoles

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias