Quarta-Feira, 29 de Abril de 2020 - 08:59 (Saude)

L
LIVRE

GOVERNO VACINA SERVIDORES DO SISTEMA PENITENCIÁRIO E PLANEJA VACINAÇÃO DE DETENTOS EM RONDÔNIA

Um total de mil servidores da Sejus já recebeu a vacina contra a influenza e o Governo planeja a vacinação geral no Sistema penitenciário


Imprimir página

O Governo de Rondônia iniciou esta semana com apoio da prefeitura de Porto Velho a vacinação contra a Influenza (gripe) dos 1.300 servidores (policias penais e outros) do Sistema Penitenciário do Estado, numa ação que envolve o setor de saúde de cada unidade prisional com orientação da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), e que vai ser estendido a toda população privada de liberdade (presos).

De acordo com a gerente de saúde da Secretaria de Justiça (Sejus), Míriam Muniz, nesta primeira fase foram disponibilizadas apenas mil doses da vacina, que foram usadas na imunização dos servidores do sistema lotados na Capital, e já na próxima semana (primeira semana de maio), com a chegada de um novo lote de vacinas, a programação será estendida aos demais servidores e a toda população privada de liberdade (presos) em todo estado de Rondônia.

Ela explicou que com a chegada do novo lote de vacinas será possível fazer a cobertura completa da população do Sistema Penitenciário, que é meta do Governo de Rondônia. A vacinação nos presídios terá a mesma dinâmica, obedecendo as orientações que determina o procedimento da campanha de vacinação no Sistema Penitenciário, e também de toda a população, estabelecendo metodologia e critérios.

CUIDADOS NA VACINAÇÃO

A gerente destacou que nesta ação estão sendo rigorosamente observadas o conjunto de medidas determinadas pela Sesau para evitar o contágio pela Covid-19. “Toda estratégia de vacinação deve considerar a obrigatoriedade do distanciamento social e outras medidas preventivas para a Covid-19, como aquelas que permitam evitar aglomerações, contato entre pessoas doentes e saudáveis, especialmente de idosos e pessoas que vivem com doenças crônicas, as boas práticas de higiene individual e coletiva devem ser mantidas e reforçadas, bem como as precauções adequadas ao controle de infecções, devendo estar equipados com o material necessário para essas precauções”.

Ao todo são 14.046 pessoas na condição de privados de liberdade (presos) cumprindo pena nos presídios de todo Estado, que serão alvo da campanha vacinação que deve começar na próxima semana, trabalho que será realizado em parceria com a Coordenação Municipal de Imunização, que proporcionará as estratégias e as ferramentas para obtenção plena da cobertura dos indivíduos internos no Sistema Prisional.

Importa lembrar que a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) teve início dia 16 de abril, com o objetivo de imunizar, na primeira fase, os professores, profissionais das forças de segurança e de salvamento e pacientes com doenças crônicas, (hipertensivos, asmáticos, diabéticos e outros).

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias