Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019 - 10:03 (Cidades)

L
LIVRE

GOVERNO DO ESTADO VAI REPASSAR RECURSOS PARA A PREFEITURA DE PORTO VELHO CONSTRUIR MAIS TRÊS CENTROS DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Secretária Luana recebeu de Ana Maria Negreiros três projetos de construção de Cras


Imprimir página

A secretária de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), primeira-dama Luana Rocha, recebeu na sexta-feira (16) pelo menos três projetos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf) de Porto Velho para construção de Centros de Referência de Assistência Social (Cras) em áreas de maior vulnerabilidade social da capital. Os recursos oriundos do Fundo Estadual de Erradicação e Combate da Pobreza (Fecoep) já foram aprovados pelos membros do Conselho, presidido pelo governador Coronel Marcos Rocha, para os 52 municípios de Rondônia.

Pelos projetos apresentados pela adjunta da Semasf, Ana Maria Negreiros, um dos Cras será construído na rua 10 com a 9, no bairro Jardim Santana; outro na rua Pirituba, no bairro Mariana, ambos na Zona Leste; e o terceiro na rua Açaí, bairro Areal da Floresta, na Zona Sul.

Os cras são considerados a porta de entrada da assistência social, localizados prioritariamente em áreas de maior concentração de famílias carentes, onde são oferecidos diversos serviços sociais, como orientações sobre os benefícios assistenciais e inscrições no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal.

O objetivo é fortalecer a convivência com a família e com a comunidade, por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que têm como foco famílias e indivíduos em situação grave de proteção, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Porto Velho conta atualmente com seis Cras: o Elizabeth Paranhos, no Centro, responsável pelo atendimento das Zonas Norte e Oeste; Betinho, no bairro Mariana, Zona Leste; Irmã Dorothy, no Aponiã, Zona Leste; Paulo Freire, no Agenor de Carvalho; Dona Cotinha, Eletronorte, Zona Sul; e Theodoro Cromo, no Parque dos Buritis, no distrito de Jaci-Paraná. Após a construção das três unidades com subsídios do Estado subirá para nove.

Ainda na reunião, contou com a presença de representantes das Secretarias Municipais de Regularização Fundiária e Urbanismo (Semur) e do Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur).

 

Veronilda Lima

Fotos: Antônio Lucas

Fonte: Secom/gov-ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias