Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020 - 11:57 (Geral)

L
LIVRE

GOVERNO CONVIDA POPULAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A CONSTRUÇÃO DO NOVO HOSPITAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA DE RONDÔNIA

A apresentação do plano será feita pelo grupo da Fundação Escola de Sociologia Política (Fesp/SP)


Imprimir página

O Governo de Rondônia, por meio da Secretária Estadual de Saúde (Sesau), realiza no dia 2 de março, às 14h, no auditório do Tribunal de Contas de Rondônia, a audiência pública para apresentar o plano de trabalho inicial do projeto de estruturação do Hospital de Urgência e Emergência de Rondônia (Heuro).

A apresentação do plano será feita pelo grupo da Fundação Escola de Sociologia Política (Fesp/SP), instituição contratada para conduzir o projeto de modelagem financeira do novo hospital.

Essa audiência marcará a primeira sessão realizada em Porto Velho pelo governo e a equipe da Fesp/SP. Durante quatro meses, serão feitas avaliações na Capital para elaboração do projeto que inclui também a definição do local onde será construído o novo Heuro.

Após esta etapa, a licitação será feita para construção no modelo de BTS (Built to Suit).

“A instituição está trabalhando. São técnicos com vasta experiência, em conjunto com a equipe da Sesau, para que tenhamos o mais rápido possível essa modelagem pronta para lançar o edital de licitação. O mais importante é ressaltar que tudo está dentro da transparência, seguindo a determinação do governador Marcos Rocha, para termos um hospital de excelente qualidade e que atenda a população de forma humanizada”, explicou Fernando Máximo.

BUILT TO SUIT

Built to suit (BTS) é um termo em língua inglesa que em português significa “construído para servir”, utilizado no setor imobiliário para identificar contratos de locação a longo prazo no qual o imóvel é construído para atender os interesses do locatário, já pré-determinado.  Deste modo, é possível viabilizar projetos de empreendimentos imobiliários que atendam as rígidas normas estabelecidas pelos futuros usuários da construção e os prazos curtos para execução. Uma outra vantagem deste tipo de contrato é evitar a imobilização do capital.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias