Quarta-Feira, 07 de Agosto de 2019 - 16:15 (Tecnologia)

L
LIVRE

GAME JAM +: FIRESCAPE FOI O JOGO VENCEDOR DA GAME JAM + SEBRAE EM PORTO VELHO

Três equipes criaram do zero jogos de negócios em 48 horas e banca formada por especialistas escolheram a melhor


Imprimir página

Após três dias praticamente imersos, as três equipes formadas durante a primeira edição da Game Jam + em Porto velho desenvolveram cada uma jogos interativos on-line e nesse domingo (4) realizaram as apresentações dos pitchs, projetos a uma banca de jurados no auditório do Instituto Federal de Rondônia (IFRO) em Porto Velho. A equipe vencedora escolhida pelo júri foi a da criação do Firescape, um jogo desenvolvido especialmente para pessoas com sintomas de depressão. Uma outra equipe também será vencedora por meio do voto popular pela plataforma da Game Jam.  O prêmio são passagens de ida e volta doada pelo Sebrae para o representante das equipes vencedoras para representar o estado na final da Game Jam + em São Paulo no mês de outubro.  Além dos participantes, representantes do Sebrae, amigos e familiares compareceram ao evento.

"Foram muitas emoções! Divertido, interativo, muito conhecimento, alto aprendizado porque um aprende com o outro, foi realmente incrível, principalmente para esses jovens técnicos que tiveram que aprender a falar de negócios. Tiveram que unir o marketing ao conhecimento técnico que eles têm. Eu acredito que o próximo ano será ainda melhor e, eu só tenho a agradecer a participação de todos em nome do Sebrae, aos mentores, jurados. Aqui todos foram vencedores.", exclamou Gleciane Rocha, coordenadora da Game Jam + Sebrae em Rondônia.

Um dos jurados foi a especialista em jogos on-line Goreth Reis. "Não foi nada fácil escolher entre os três jogos, pois as propostas estão muito boas, sensacionais, os meninos viraram a noite produzindo, idealizando e conseguiram apresentar um excelente produto. Todos com viabilidade de negócios, que vai entreter as pessoas, jovens e adolescentes. Então, acredito que os negócios deles são muito promissores.", afirma Goreth.

Para o representante da equipe criadora do jogo Firescape, Felippe Malagueta, todo esforço valeu a pena. "Criar o projeto foi um desafio, mas a nossa equipe formada por mim, Yuri, Sandro, Márcio, Robson e o Lerco, se esforçou muito. Na primeira noite foi ralado, a gente praticamente virou o dia, mas conseguimos dividir bem o trabalho e sempre mantivemos a meta de conseguir. Agora a expectativa é mais trabalho com muita responsabilidade para representar Rondônia na final da Game Jam +.", relatou Malagueta.

O primeiro pitch a ser apresentado à banca de jurados foi do Firescape, voltado a pessoas com sintomas de depressão. O jogo apresenta uma pequena chama que ilumina o caminho dentro de um labirinto escuro e, com uma música suave, o jogador precisa comer algumas frutas e sair do labirinto sem contagem de tempo.

O segundo pitch apresentado foi o Run, wolf, Run, um jogo de ação e terror, em que um lobo, também dentro de um labirinto infinito e escuro, alimenta-se de "almas". Vence o lobo que tiver mais pontos (almas). Esse jogo tem dificuldade progressiva e é voltado ao público com idades entre 10 a 15 anos.

O terceiro pitch apresentado foi o Impulse Run, um jogo mais nostálgico e que pode ser jogado mesmo com pouco conexão, em qualquer navegador. Os participantes criaram uma pista de corrida onde o jogador "pilota" um carrinho e segue com alguns obstáculos até a reta final. Vence quem chegar em menos tempo e ter desviado de mais obstáculos.

Para saber mais sobre essa e outras ações do Sebrae www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode nos acessar pelo número de WhatsApp (69) 98130 5656 ou pelas plataformas InstagramFacebookTwitterLinkedIn e YouTube, no perfil Sebrae RO.

Fonte: 010 - Cristiano Borges Rodrigues

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias