Terça-Feira, 30 de Julho de 2019 - 09:49 (Nacional)

L
LIVRE

FUNCIONÁRIOS DOS CORREIOS AMEAÇAM COM GREVE A PARTIR DE QUARTA-FEIRA

Tribunal Superior do Trabalho, no entanto, ainda tentará acordo durante audiência entre empresa e trabalhadores para evitar paralisação


Imprimir página

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) anunciou que os funcionários da estatal pretendem entrar em greve a partir das 22h desta quarta-feira (31/07/2019). A categoria reivindica reajuste no valor dos salários e afirma ainda que está lutando “pela manutenção de todos os direitos conquistados ao longo de décadas”.

A intenção dos trabalhadores é fazer uma paralisação por tempo indeterminado, e a decisão já foi comunicada ao atual presidente dos Correios, Floriano Peixoto. No entanto, o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Renato de Lacerda Paiva, convocou uma reunião de emergência entre as partes para a quarta à tarde, na tentativa de firmar um acordo entre a empresa e os funcionários.

Segundo a Corte, a proposta da Vice-Presidência deve contemplar as principais preocupações dos empregados sobre o plano de saúde, como a base de cálculo da mensalidade e a isenção de coparticipação de tratamento contínuos.

Em junho, trabalhadores dos Correios já haviam convocado uma paralisação que foi barrada pelo TST. À época, a Corte afirmou que a paralisação tinha cunho político e não o objetivo de efetivar direitos dos trabalhadores, e, assim, seria ilegal.

Fonte: 015 - Metrópoles

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias