Sabado, 18 de Maio de 2019 - 10:37 (Colaboradores)

L
LIVRE

FROTA REDUZIDA - APENAS 56 ÔNIBUS ESTÃO SENDO DISPONIBILIZADOS PARA A POPULAÇÃO DA CAPITAL

Os problemas para a redução da frota vem desde a demissão de dezenas de funcionários, retirada de veículos para colocar no escolar rural, problemas mecânicos e até mesmo falta de combustível para abastecer os veículos.


Imprimir página

A constatação do número de veículos foi feita através de vistoria independente na garagem da empresa Metropolitana, antigo CONSÓRCIO SIM.

Nos dias 14(terça), 15(quarta) e 16(quinta-feira) este blogueiro/jornalista esteve "fazendo plantão" próximo a garagem da empresa que administra o transporte coletivo da capital para comprovar o que vem sendo divulgado na mídia pela equipe da SEMTRAN, pela própria empresa, que 92 ônibus circulam pelas ruas da capital todos os dias..SQN!

A vistoria constatou que na terça feira saíram da garagem apenas 56 ônibus; Na quarta foram 58 e na quinta novamente 56 veículos. Isso prova que tanto o prefeito quanto a SEMTRAN, ou estão sendo enganados pela empresa, ou estão sendo coniventes com a situação, já que pelo contrato, eram para estar sendo disponibilizados 130 ônibus.

Ônibus Urbano servido de Escolar

Na tarde da última quinta feira também podemos constatar que vários ônibus do urbano estão sendo "transformados em escolar" confirmando assim a redução da frota da capital, e com isso causando indignação para o usuário que está chegando a ficar até duas horas em uma parada esperando o coletivo.

ENQUANTO ISSO, A SEMTRAN PERSEGUE O TÁXI COMPARTILHADO....

Com a grande redução da frota, a maioria da população apela para os transportes alternativos, como: Aplicativos, mototáxi e o táxi compartilhado, que faz a mesma rota do urbano, com maior conforto, rapidez e segurança, coisa que são praticamente impossível na frota de verdadeiras sucatas que circulam em nossa capital.

No entanto...A secretaria municipal transporte e trânsito, que deveria cooperar com a categoria do compartilhado, persegue os profissionais aplicando-lhes multas praticamente impagáveis, e em alguns casos até apreendendo os veículos.

A SEMTRAN não tem essa mesma vontade de fiscalizar quando trata-se dos ônibus do Consórcio SIM, já que não se vê nenhuma ação no sentido de tirar de circulação essas verdadeiras bombas que atravancam o trânsito toda vez que um deles tem algum problema mecânico.

 

 

 

.

Fonte: 015 - Carlos Caldeira / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias