Quinta-Feira, 04 de Abril de 2019 - 18:02 (Agricultura)

L
LIVRE

FORTALECER A AGRICULTURA FAMILIAR DE RONDÔNIA ATRAVÉS DE COOPERATIVAS É TEMA DE DISCUSSÃO ENTRE SETORES ESTRATÉGICOS DO AGRONEGÓCIO

As discussões buscaram alinhar políticas e instrumentos de desenvolvimento sustentável para agricultores familiares.


Imprimir página

O trabalho desenvolvido por cooperativas é considerado estratégico para o fortalecimento econômico da agricultura familiar em Rondônia e foi tema da reunião realizada na quarta-feira (3) com representantes da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater), Agência de Defesa Agrosilvopastoril de Rondônia (Idaron) e União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes).

As discussões buscaram alinhar políticas e instrumentos de desenvolvimento sustentável para agricultores familiares. Segundo o presidente da Emater, Luciano Brandão, as cooperativas representam um grande demarcador das ações de apoio à agricultura familiar dentro de um conjunto de políticas de desenvolvimento rural. Enquanto que o presidente da Idaron, Júlio Peres, apontou a necessidade de fortalecer a gestão das cooperativas a fim de avançar na comercialização dos produtos.

‘‘Fortalecer o cooperativismo através da gestão é o passo essencial para se atingir o objetivo’’, reforça o conselheiro de administração do Sistema das Cooperativas de Crédito Rural com Interação Solidária (Cresol), Sandro Sousa da Silva. ‘‘É necessário que projetos de gestão de cooperativas sejam apresentados a Emater traçando experiências e formações para evitar o desequilíbrio financeiro e administrativo’’, considera o representante do Conselho de Desenvolvimento Rural e Sustentável, Ciro Correia.

Os representantes da Unicafes explicaram que a estrutura física da maioria das cooperativas de Rondônia é pequena, mas que esse modelo econômico tem ajudado agricultores a incrementarem a renda. Além de apontar as cooperativas, como uma forma de acesso coletivo ao conjunto de políticas públicas, seja de crédito, assistência técnica, habitação rural e também conquista de novos mercados. O desafio apresentado agora é expandir a comercialização e certificar marcas.  Uma iniciativa que deve fomentar a geração de emprego e renda em Rondônia.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias