Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020 - 14:45 (Geral)

L
LIVRE

FOLIÕES BUSCAM NA INTERNET OPÇÕES BARATAS DE FANTASIAS PARA O CARNAVAL

Fantasia de ombreira é a opção mais buscada


Imprimir página

Uma das festas mais esperadas do ano, o Carnaval, que neste ano é comemorado oficialmente no dia 25 de fevereiro, já pode ser vista em diversas cidades do país, por seu colorido e pela irreverência das fantasias, sejam nas escolas de samba ou nos bloquinhos de rua. Porém, antes mesmo de levar a multidão para a folia, o carnaval começouna internet, por conta da procura por fantasias.

Até o ano de 2010, o Google Trends – plataforma que reúne as tendências de pesquisas no Google – registrou que as buscas pelas escolas de samba eram maiores que as dos bloquinhos. De 2011 até hoje, a busca foi invertida e a procura pelos blocos de rua passou a ser cinco vezes maior.

E são nesses bloquinhos que as fantasias podem ser vistas em maior número. A de Mulher-Maravilha, por exemplo, aparecia em primeiro lugar entre as mais procuradas na internet até 2015. Já em 2020, “como fazer ombreiras de carnaval?” liderou o ranking, o que mostra que tendências que dominavam os anos 80 estão com tudo atualmente. A procura pelas fantasias de ombreira aumentou cerca de 193% no Pinterest, sendo a fantasia mais procurada na plataforma, de acordo com relatório da própriarede social.

“Compramos um sutiã e na alça colocamos enfeites de girassol que tiramos de uma outra fantasia que já tínhamos em casa. A ombreira completa não custou mais de R$ 20”, conta a jornalista Bárbara Silva, 23, que com a ajuda de amigas produziu o adereço e caiu na folia.

Além do charme, as ombreiras são usadas para proteger os ombros do sol e podem ser feitas com fitas metalizadas, fitas de tecido, pérolas, penas, flores e afins. Se você quer aprender passo-a-passo da produção, pode assistir aos canais de Moda no Youtube, que também ensinam a fazer ombreiras divertidas e baratas.

Fonte: 015 - Educa Mais Brasil

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias