Tera-Feira, 22 de Outubro de 2019 - 11:30 (Polcia)

16
No recomendado para menores de 16 anos

FDN X CV: GUERRA ENTRE FAC합ES GERA ONDA DE EXECU합ES

Em menos de 24 horas quatro assassinatos foram registrados nesta segunda-feira (21)


Imprimir pgina

Manaus, AM - O conflito entre facções criminosas na invasão Monte Horebe, ao que parece, está longe de ter fim. Em menos de 24 horas quatro assassinatos foram registrados nesta segunda-feira (21), na região que pouco tempo atrás era desconhecida, situada nas proximidades do residencial Viver Melhor 2, no bairro Lago Azul, Zona Norte de Manaus.

De acordo com o registro de ocorrências da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o primeiro caso foi de Jhon Keven Ferreira da Silva, 20, que na madrugada de hoje foi retirado à força da sua residência por três homens que, em seguida, o executaram com arma de grosso calibre na porta do apartamento onde residia.

Instantes depois, policiais militares receberam uma denúncia anônima informando o paradeiro de um corpo do sexo masculino, identificado apenas como ‘Wendel’, também havia sido executado. A vítima foi encontrada em um barraco na rua Marumbu naquela região.

FDN x CV

Moradores que preferiram não ter a identidade revelada temendo represálias, informaram que a área é dominada por membros da Família do Norte (FDN) e Comando Vermelho (CV), que estão em guerra no local por disputa do território referente ao tráfico de drogas.

“Quem está comandando é o CV, mas primeiro quem comandava aqui era a FDN. Antes não tinha tanta morte como tem agora. Quando o Comando Vermelho entrou aqui, a guerra começou”, disse uma pessoa que não quis se identificar.

Outros casos

No raiar do dia, por volta das 7h, mais um homem foi executado com as mesmas características do primeiro caso. Alessandro Thiago de Jesus dos Santos, 23, conhecido como ‘Loirinho’, foi fuzilado com 12 disparos na cabeça dentro de um barraco localizada na rua Esthér.

Segundo informações de testemunhas repassadas à polícia, Loirinho era usuário de droga e revendia entorpecentes dentro de uma região que não era dele, e com isso teria sido perseguido e levado até o barraco onde foi executado a tiros de fuzil calibre 762 na região da face. No local havia massa encefálica da vítima que ficou com o rosto desfigurado.

Já no início desta tarde, a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) da Policia Militar por meio da cadela ‘Fiona’, localizaram um corpo de um homem, não identificado, e enterrado, que teria sido assassinado na noite de domingo (20), com sete tiros, sendo quatro na cabeça e três nas costas.

Investigações

O delegado Dennis Pinho, adjunto da DEHS, esteve no local do fato mais recente para iniciar os procedimentos das investigações, e informou que todos os casos estão sendo analisados.

“Estamos analisando se esse crime tem ligação com os outros três crimes que ocorreram nessa área no dia de hoje. Nessa ocasião a vítima foi alvejado com disparos de arma calibre 38. Já os outros foram fuzilados, por isso não descartamos essa hipótese”, disse.

O Instituto Médico Legal (IML) realizou a remoção de todos os cadáveres e os casos devem ser investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Polícia na rua

A Polícia Militar, por meio das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), intensificou o policiamento ostensivo no conjunto residencial Viver Melhor e na invasão conhecida como Monte Horebe, bairro Santa Etelvina, zona Norte, nesta segunda. As equipes estão nas ruas e a população pode ajudar com denúncias para checagem em tempo real através do telefone linha direta da Rocam, o 99280-7574.

Fonte: 015 - ManausAlerta

Noticias relacionadas

Comentrios

Veja tambm

Outras notcias + mais notcias