Sexta-Feira, 05 de Abril de 2019 - 11:41 (Tecnologia)

L
LIVRE

FAPERO INVESTE CERCA DE R$ 200 MIL NO APOIO A EVENTOS CIENTÍFICOS; 15 PROPOSTAS SÃO CONTEMPLADAS EM 2019

Ao prestar a informação, nesta sexta-feira (5), o diretor científico da Fapero, Andreimar Martins Soares, disse que algumas começaram a ser viabilizadas no segundo semestre do ano passado e outras no primeiro semestre deste ano.


Imprimir página

Quinze propostas de eventos aprovadas pela Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero) serão custeadas com R$ 195 mil do Programa de Apoio a Eventos Científicos e Tecnológicos (PAE), dessa instituição.

Ao prestar a informação, nesta sexta-feira (5), o diretor científico da Fapero, Andreimar Martins Soares, disse que algumas começaram a ser viabilizadas no segundo semestre do ano passado e outras no primeiro semestre deste ano. “O PAE veio aproximar a ciência da sociedade da maneira possível, e precisamos consolidar essa base”, disse Andreimar Soares. Eventos locais recebem R$ 15 mil de fomento local e regional, R$ 30 mil.

Em Guajará-Mirim, na fronteira brasileira com a Bolívia, a 362 quilômetros de Porto Velho, cerca de quinhentos profissionais de diversos estados brasileiros encerram nesta sexta-feira o 1º Congresso de Formação Docente: Diálogos entre a Pós-Graduação e a Graduação nas Universidades Federal de Rondônia (Unir) e Estadual de Maringá (UEM). “Três oficinas por dia dão o ritmo no congresso, e já sentimos resultados proveitosos”, considerou o chefe de gabinete da Fapero, Vitor Hugo dos Santos Garcia.

As oficinas tratam de metodologias de ensino, linguagem da arte na sala de aula, e inovações diversas. A apresentação de doutorandos tem sido prestigiada por autoridades educacionais e acadêmicos de Porto Velho, Guajará-Mirim, Cerejeiras, São Paulo e Manaus.

Para Vitor Hugo, o diálogo entre a comunidade científica e a comunidade local preenche a lacuna da formação permanente de professores que atuam na rede escolar da Educação Básica. “O próximo passo será o envio de 16 doutorandos a Maringá”, ele anunciou.

Impactos diretos na qualidade do processo ensino-aprendizagem são analisados. No cômputo geral, a busca do aumento de doutores e a conquista de novos investimentos constituem o objetivo maior do congresso.

Andreimar Martins Soares, diretor científico da Fapero

De 12 a 15 de março próximo passado, o 1º Simpósio de Ensino, Pesquisa e Fundamento das Ciências e Matemática/Sepfacim: concepções e práticas para a Educação Básica destacou o potencial de atividades educativas aplicadas na melhoria da oferta do ensino público e gratuito de qualidade.

No final de março de 2018, apoiada pela Fapero e grupo de pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Faculdade Católica de Rondônia promoveu o 2º Congresso de Gestão Pública e Direito Administrativo, apoiada também pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, UFPR e Universidade Federal do Ceará, e o 2º Congresso Internacional de Direito na Amazônia.  Esse segundo evento visou à garantia de melhor qualidade de vida dos cidadãos e a diminuição das desigualdades sociais.

Sob a ótica da eficiência e sustentabilidades, congressistas estudam avanços e inovações, contratações de bens e serviços feitas pela administração pública direta e indireta.

Entre outros eventos com presenças internacionais, pesquisadores da Argentina, Costa Rica, Espanha e Panamá participaram no final de julho e início de setembro de 2018, em Porto Velho, do 3º Simpósio de Biotecnologia e Biodiversidade e do 2º Curso Brasileiro-Argentino de Biotecnologia de Rondônia.

Também no ano passado, de 26 a 28 de setembro, pesquisadores da África, Itália e Portugal estiveram na capital durante o 2º Congresso Internacional de Direito na Amazônia-Direitos Sociais na Constituição Cidadã: conquistas e novos desafios às políticas de Educação, Saúde, Trabalho e Previdência Social.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias