Terça-Feira, 16 de Abril de 2019 - 13:50 (Política)

L
LIVRE

EXÉRCITO É HOMENAGEADO EM SESSÃO SOLENE REQUERIDO POR CORONEL CHRISÓSTOMO

A data marca a primeira luta dos povos do Brasil contra a dominação holandesa em 1648, nos Montes Guararapes, em Pernambuco, palco da vitoriosa batalha contra o invasor.


Imprimir página

Em alusão ao Dia do Exército Brasileiro, comemorado no dia 19 de abril, a Câmara dos Deputados, realizou na manhã desta terça-feira (16), Sessão Solene requerida pelo deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL-RO).

A data marca a primeira luta dos povos do Brasil contra a dominação holandesa em 1648, nos Montes Guararapes, em Pernambuco, palco da vitoriosa batalha contra o invasor.

“O exército é a mão amiga do povo brasileiro, colaborando com o povoamento de áreas longínquas, proporcionando o mínimo de infraestrutura até que chegue o desenvolvimento. Um trabalho silencioso que preza pelo crescimento e segurança da nação. Por isso, essa homenagem é mais que merecida a uma Instituição que vêm ao longo dos anos demonstrando integridade e respeito pelo povo brasileiro”, declarou Coronel Chrisóstomo.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, destacou o papel institucional do Exército na defesa da Constituição Brasileira.

“O Exército brasileiro é reconhecido como uma das confiantes instituições brasileira, pelo profissionalismo, competência e pela capacidade de agregar cidadãos dispostos a proteger os mais nobres valores nacionais”, disse Maia.

Já o Comandante do Exército Edson Leal Pujol, agradeceu a homenagem destacou a missão da instituição.

“Nosso reconhecimento ao deputado Coronel Chrisóstomo que propôs essa homenagem e a toda Câmara dos Deputados. Essa data marca o nascimento de brasilidade e de todos nós como nação. O Exército de Caxias estará sempre pronto em defesa da nação brasileira e do povo brasileiro”, afirmou o Comandante.

Participaram ainda da Sessão Solene, Péricles Aurélio de Lima de Queiroz, Ministro do Superior Tribunal Militar, General de Brigada Vilas Boas , deputados federais e demais autoridades militares.

 

.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias