Quarta-Feira, 29 de Janeiro de 2020 - 17:22 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

ESTUPRO DE VULNERÁVEL: PASTOR É FLAGRADO ESTUPRANDO MENINA DE 12 ANOS

Após denúncia anônima, policiais flagraram pastor evangélico de 53 anos estuprando menina de 12 dentro da igreja. O religioso justificou que a criança era sua "namorada"


Imprimir página

Um pastor evangélico de 53 anos foi flagrado na última segunda-feira (27) estuprando uma menina de 12 anos dentro da Igreja Assembleia de Deus da cidade de Ouro Branco, interior de Alagoas.

Policiais militares chegaram no local de madrugada após uma denúncia anônima. “O templo estava fechado, batemos e o pastor apareceu trajando apenas cueca. Já a menina foi encontrada deitada em um colchão”, disse um policial que atendeu a ocorrência.

O pastor José Aprídio foi preso em flagrante. Informações dão conta de que os estupros já aconteciam há um ano. Aos policiais, o homem alegou que a criança era sua namorada e que os pais dela consentiam o “relacionamento”.

Conselho Tutelar foi acionado para tomar as providências cabíveis, bem como os pais da adolescente foram chamados, para dar explicações acerca do caso. O pastor José Aprídio foi autuado por estupro de vulnerável.

Estupro de vulnerável

O estupro de vulnerável é considerado e punido pela lei brasileira desde 2009. Segundo a advogada Isabela Guimarães Del Monde, o crime consiste em “ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos”.

“Incorre no mesmo crime quem pratica essas ações com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência”, acrescenta a advogada.

Fonte: pragmatismo politico

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias