Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018 - 09:52 (Colaboradores)

L
LIVRE

ESCOLA MARIA CARMOSINA É ROUBADA 13 VEZES EM 2018

Esse fato é comum em todas as escolas distantes do centro da cidade. os prejuízos são enormes.


Imprimir página

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Maria Carmosina Pinheiro foi roubada 13 (treze) vezes, somente nesse ano de 2018, e o que é pior, o ano ainda não acabou.  

Depois da "brilhante" ideia de implantar câmeras de monitoramento para vigiar as escolas estaduais e acabar com a vigilância armada, a escalada de furtos nas escolas estaduais tem aumentado assustadoramente. 

Creio que acham que isso é normal, porque continua tudo do mesmo jeito. Nenhuma providência foi tomada desde o início dessas ocorrências.

Atendendo convite da escola, visitei-a na noite dessa terça-feira (20/11), para conversar com alunos e professores sobre uma palestra sobre Historia de Rondônia, que farei na próxima segunda-feira (26/11). Ao saber desse último roubo ocorrido no sábado, dia 17/11, pedi mais informações.

É verdade que eu sempre ouvi falar de roubos nas escolas, mas nunca pensei fosse uma coisa dessa magnitude. Por sinal, informaram que desde que foi implantado esse novo sistema de vigilância, sempre pediam para não divulgar para a imprensa, para dar a entender que as coisas estavam da mesma maneira e sem ocorrência de roubo, para mostrar à população estava tudo sob controle,o que não é verdade.

A Escola Maria Carmosina foi inaugurada em 1994 e na época em que tinha vigilância armada, nada disso acontecia. Agora já contabiliza 34 (trinta e quatro) roubos: 06 (seis) em 2015; 09 (nove) em 2016; 06 (seis) em 2017 e 13 (treze) em 2018.

Até agora foram furtados: 40 (quarenta) centrais de ar de 24000 BTU, 15 (quinze) centrais de ar de 18000 BTU, 05 (cinco) televisores de 42 polegadas, 05 (cinco) computadores, 02 (dois) data show, 02 (duas) lousa digital, 02 (duas) caixas de som, além de alimentação, panelas, bolsas e etc.

Até quando será assim????

 

 

Fonte: Anísio Gorayeb - News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias