Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018 - 12:18 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

ENCONTRADOS PELA POLÍCIA, LADRÕES SE TRANCAM DENTRO DE CARRO ROUBADO E SE RECUSAM A SAIR

Os dois tentaram várias formas de resistir à prisão, chegando ao ponto de se trancar dentro do carro e dizer que não iam sair


Imprimir página

A atitude de dois ladrões de carro, de 18 e 20 anos, quando encontrados pela Polícia Militar nesta sexta-feira (07), depois de assaltarem uma casa no Bairro Belita Costa Marques, em Cuiabá, foi, no mínimo, inusitada. Os dois se negaram a se entregar: trancaram as portas do carro da vítima e disseram que não iriam sair, mesmo sem nenhum refém que justificasse uma possível não reação da polícia.

Os dois foram presos pouco depois da 0h, nesta madrugada. Conforme o boletim de ocorrência, eles invadiram a casa das vítimas e levaram pertences e um Honda Civic, de cor prata.

Acionada, a Polícia Militar foi até a segunda etapa do Bairro Pedra 90, local comumente utilizado para o abandono de veículos roubados, e encontrou o Civic na Rua 43, com os dois suspeitos ainda dentro do carro.

Conforme o boletim de ocorrência, a princípio eles tentaram fugir. Depois, acabaram batendo na viatura que estava parada, pronta para a abordagem. No desespero, eles aceleraram o carro tentando empurrar a viatura, mas sem sucesso. Nesse momento, os policiais atiraram no pneu do Civic.

Como não tinha mais como eles seguirem com a fuga utilizando o carro, os suspeitos resolveram tomar a atitude inusitada: trancaram o carro e disseram que não iriam sair. Os policiais ordenaram várias vezes que os dois se entregassem, mas eles não acatavam e seguiam trancados no carro.

Depois de algum tempo, os dois saíram e tentaram fugir correndo, mas foram impedidos. Ainda resistindo, eles chegaram a lutar com os policiais, sendo necessário algemá-los.

Dentro do carro roubado os policiais encontraram uma arma de brinquedo, as roupas usadas pelos dois durante o crime – eles haviam trocado depois – e pertences roubados das vítimas.

Os dois foram levados para a Central de Flagrantes de Cuiabá com algumas lesões, que, segundo os policiais que atenderam a ocorrência, foram causadas durante a resistência à prisão. Tanto o carro das vítimas, quanto a viatura da Polícia Militar, ficaram danificadas pela ação dos criminosos.

Fonte: 015 - Olivre

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias