Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019 - 16:12 (MINHA HISTÓRIA)

L
LIVRE

“É PRATICAMENTE IMPOSSÍVEL QUE EU SEJA PRESO”, DIZ DANILO GENTILI

O humorista Danilo Gentili afirmou que não acredita que venha a ser preso em entrevista ao “Pânico” na tarde desta sexta-feira (12/4). Danilo foi condenado à pena de seis meses e 28 dias em regime inicial semiaberto por injúria à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).


Imprimir página

O humorista foi condenado à seis meses e 28 dias de prisão em regime semiaberto por injúria à deputada Maria do Rosário

O humorista Danilo Gentili afirmou que não acredita que venha a ser preso em entrevista ao “Pânico” na tarde desta sexta-feira (12/4). Danilo foi condenado à pena de seis meses e 28 dias em regime inicial semiaberto por injúria à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

A condenação na Justiça gerou manifestações de apoio entre diversos humoristas e uma discussão entre Gentili e Fabio Porchat no Twitter, além de um tuíte de apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Na quinta-feira (11), Danilo Gentili também foi condenado a pagar uma indenização de R$ 20 mil ao deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

“Se você me perguntar: ‘você vai ser preso mesmo?’, é praticamente impossível que eu seja preso, porque cabe recurso e tudo mais, mas se você me perguntasse uma semana atrás: ‘Você acha que vai ser condenado à prisão por protestar contra a censura da Maria do Rosário’, eu diria que é impossível. E fui. […] Vai saber…”, afirmou Gentili.

O apresentador também contou como foi sua reação ao saber de sua condenação na Justiça, por meio de uma produtora de seu programa: “Eu dei risada. Falei ‘Ah, da hora…’. Eu achei divertido, porque é bem absurdo, sabe? Aquele momento que chega num extremo onde pior que tá, não fica.”

“Aí só começa a melhorar depois, porque começa a abrir discussão, as pessoas começam a debater o que está acontecendo, chegamos até esse ponto. Pessoas que durante todo esse tempo ficaram quietas começaram a manifestar apoio e tudo mais, vamos ver o que vai dar agora”, concluiu.

Fonte: 013 - Metrópoles

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias