Quarta-Feira, 15 de Abril de 2020 - 15:38 (Saude)

L
LIVRE

DURANTE PANDEMIA, POLICLÍNICA OSWALDO CRUZ PRIORIZA ATENDIMENTOS

Em casos de pacientes oriundos do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, o atendimento também é com encaminhamento.


Imprimir página

A Policlínica Oswaldo Cruz (POC) realiza por mês, em média, 34 mil atendimentos médicos e pequenos procedimentos cirúrgicos em Porto Velho. Devido à pandemia e adoção de medidas de isolamento, o fluxo de atendimentos foi alterado.

A diretora da unidade Sinara Messias Flores ressalta que permaneceram apenas os atendimentos considerados essenciais. “Todas as consultas e exames estão suspensos. Estamos atuando com atendimentos nos programas de Hanseníase, no Serviço de Assistência (Sae), Centro de testagem e Aconselhamento (CTA), considerados essenciais”.

Segundo a diretora, também estão sendo realizados os atendimentos de pré-natal de alto risco otimizado, os de tratamento oncológico em pacientes oriundos da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Onconlogia (Unacon) e de pacientes com tuberculose multirresistente. “Nos casos de pacientes com tuberculose, estão sendo atendidos aqueles que foram encaminhados do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) que, agora, atende exclusivamente os casos graves confirmados com Covid-19”.

Em casos de pacientes oriundos do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, o atendimento também é com encaminhamento.

“O agendamento de consultas e retornos é feito no próprio HB por meio do Sistema de Regulação (Sisreg) e esses pacientes chegam à POC com o encaminhamento da regulação”, frisou a diretora.

PREVENÇÃO AO COVID-19

Para evitar expor pacientes do grupo de risco, as consultas de idosos estão suspensas nesse momento. No caso das grávidas e demais usuários do serviço, a POC está seguindo recomendações do Ministério da Saúde, orientando que as pessoas usem máscaras de proteção e evitem aglomerações.

“O serviço de medicação está funcionando normalmente na Policlínica, bem como os atendimentos por demanda espontânea, aqueles sem necessidade de encaminhamento tais como: atendimentos do programa de Hanseníase, SAE e CTA que atendem pacientes com HIV, Hepatites virais e infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), além de pacientes com bolsa de colostomia e de transplantes renais”, acrescentou a diretora.

FUNCIONAMENTO

A Policlínica Oswaldo Cruz atende de segunda a sexta-feira, com início a partir das 7h e encerramento após todos os pacientes serem atendidos. Os exames laboratoriais seguem o cronograma: terça-feira (transplante renal), quarta-feira (pré-natal de alto risco) e quinta-feira (Hiv/ Sae/ Cta).

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias