Quinta-Feira, 01 de Agosto de 2019 - 11:41 (Colaboradores)

L
LIVRE

DO FUNDO DA BAÚ: 107 ANOS DA EFMM

Suas origem deu-se no Tratado de Petrópolis, celebrado entre o Brasil a Bolívia, em 1903, e suas obras iniciaram em 1907.


Imprimir página

A nossa monumental Estrada de Ferro Madeira Mamoré, na qual tive o prazer de viajar, completa 107 anos de inauguração, nesse 1º de agosto de 2019. Sua conclusão aconteceu no dia 30 de abril de 1912, porém só foi inaugurada oficialmente no dia 1º de agosto do mesmo ano.

Uma grandiosa obra no início do século passado, que foi considerada uma verdadeira  epopeia, devido as adversidades da selva amazônica, que ceifou a vida de mais de seis mil pessoas. Uma grandiosa obra de 366 quilômetros, que atraiu para nossa região milhares de trabalhadores de mais de 50 paises.

Suas origem deu-se no Tratado de Petrópolis, celebrado entre o Brasil a Bolívia, em 1903, e suas obras iniciaram em 1907.

Ate o ano de 1931, foi administrada pelos  americanos e pelos ingleses.

No dia 10 de julho de 1931 foi nomeado o seu primeiro diretor brasileiro, o Tenente do Exército, Aluízio Pinheiro Ferreira. 

Após 60 anos de atividades, nossa ferrovia foi desativada definitivamente no dia 10 de julho de 1972. 

A sua historia é envolvida em lendas e mistérios.

Sua obra deu origem a cidade de Porto Velho e por isso é o marco inicial da historia de Rondônia.

Na foto, uma imagem da inauguração oficial da EFMM, e a imagem atual de um vagão abandonado.

Fonte: Anísio Gorayeb - News Rondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias