Sexta-Feira, 04 de Outubro de 2019 - 16:10 (Geral)

L
LIVRE

DISSÍDIO: MEDIAÇÃO NA SRTE ENTRE SINDICATO E CREDISIS NÃO AVANÇA E ACT 2019/2021 VAI MESMO SER DECIDIDO NA JUSTIÇA

A mediação aconteceu na última terça-feira, 1º de outubro, em Porto Velho e, para a frustração geral dos funcionários do sistema e do Sindicato


Imprimir página

Após inúmeras tentativas de se chegar a um consenso e obter índices realmente justos para os cooperativários, o Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) se viu forçado a solicitar mediação da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) com os representantes do Credisis a fim de concluir o Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2021.

A mediação aconteceu na última terça-feira, 1º de outubro, em Porto Velho e, para a frustração geral dos funcionários do sistema e do Sindicato, os representantes patronais não recuaram na deletéria proposta de reajuste salarial – e demais cláusulas econômicas – de apenas 4,78% e, principalmente, não abrem mão da indecente tentativa de excluir a cláusula da 13º tíquete alimentação, um direito conquistado - com muita luta - desde 2013.

O SEEB-RO, que na reunião de mediação foi representado pelo seu presidente, José Pinheiro, pelo diretor de Cooperativas, Antônio Tavares e pelos advogados Felippe Roberto Pestana e Castiel Ferreira de Paula (Escritório Fonseca & Assis Advogados Associados) voltou a enfatizar que além de querer retirar direitos dos trabalhadores, o sistema, este ano, está dizendo ‘não’ para todas as reivindicações dos seus funcionários, mesmo com a comprovada ascensão obtida pelo ramo de cooperativas de crédito, que obtém lucros anos após anos, com ou sem crise econômica nacional, e que o tornou o segmento do ramo financeiro que mais cresce no país.

Otelo Castellani Filho, que representou o Conselho de Administração do Credisis, voltou a reforçar as negativas do sistema a todas as reivindicações dos trabalhadores e, com isso, a reunião, que teve como mediadora Maria Mazarelo Cabral Soares Carvalho (SERET-SRT-ME/RO) acabou infrutífera e, portanto, como essa foi a última tentativa para evitar o dissídio coletivo, o ACT 2019/2021 do Credisis será definido na Justiça do Trabalho.

O Sistema Credisis em Rondônia é formado pelas seguintes cooperativas de crédito: Eucredi; Crediari, Credibrás, Rolim Credi, Jicred, Credi Espigão e CentralCredi.

Fonte: 015 - RONDINELI GONZALEZ

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias