Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019 - 17:21 (Geral)

L
LIVRE

DETRAN RONDÔNIA PREPARA REPORTAGENS ESPECIAIS EM COMEMORAÇÃO AOS 33 ANOS DE CRIAÇÃO

Detran foi criado por meio da Lei nº 134 no dia 20 de outubro de 1986 e publicada no Diário Oficial nº 1175 em 21 de outubro do mesmo ano


Imprimir página

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Rondônia completa 33 anos de criação no próximo dia 21 deste mês e nesse período foi programada uma série de reportagens contando um pouco a história do órgão e de alguns servidores que estavam lotados em outros setores do Governo de Rondônia, mas optaram em fazer parte do quadro de servidores da autarquia. O Detran foi criado por meio da Lei nº 134 no dia 20 de outubro de 1986 e publicada no Diário Oficial nº 1175 em 21 de outubro do mesmo ano.

O diretor geral do Detran, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, disse que a história de muitos servidores se assemelha com a trajetória do órgão, pois na época de criação do Detran há 33 anos, eles fizeram a opção de deixar suas unidades de lotação no Governo de Rondônia e migraram para o Departamento Estadual de Trânsito. “A Coordenadoria de Recursos Humanos do Detran, forneceu uma lista com os nomes dos servidores mais antigos e nesse período que antecede a data de aniversário do órgão estaremos contando um pouco da história desses servidores, sendo uma forma de homenagear a todos os colaboradores que hoje fazem parte da autarquia e também é uma forma de levar ao conhecimento da sociedade a história do Detran”, disse o coronel Neil Gonzaga.

HISTÓRIAS

O servidor Edvar José Modesto foi admitido no Governo do Estado em 08 de setembro de 1983 na secretaria de Promoção Social no cargo de agente administrativo, com a criação do Detran em 21 de outubro de 1986, ele optou em fazer parte do quadro de servidores da autarquia, onde permanece até os dias de hoje. Nesse período ocupou vários cargos dentro do Detran e atualmente é o Coordenador Metropolitano de Trânsito.

Edvar José Modesto deixou a secretaria de Promoção Social para integrar o Detran

“O Detran é parte da minha vida, é um órgão de vital importância para tudo que possuo que adquiri, além de conhecimento, vivência e relacionamento para com os meus colegas”, disse Edvar José Modesto.

Ele ressalta que durante todos nesses anos que trabalha no Detran, teve muitos momentos que marcaram a sua vida profissional, citando um momento especial recente, onde foi homenageado com a medalha de “Honra ao Mérito”, pelo Departamento Estadual de Trânsito.

Edvar Modesto também falou da evolução que o órgão sofreu nessas mais de três décadas de existência em termos de implantação de tecnologia, aperfeiçoamento, de gerenciamento de integração por parte dos servidores com a direção como um todo. “O Detran é um órgão que tem visibilidade nacional, tanto é que estamos entre os seis melhores Detrans do país em termos de educação de trânsito e estamos trabalhando para que nos tornemos o número um em todas as atividades no Brasil em termos de trânsito e de educação”, afirmou.

O servidor finalizou deixando aos colegas de trabalho um fraternal abraço, pelo muito que ofereceram e pela cordialidade e gentileza com que é recebido em todos os setores do Detran. “Para a população deixo o meu pedido de conscientização para que o trânsito se torne mais seguro, mais condizente para a sociedade como um todo”, enfatizou.

Maria Lima deixou a secretaria de Segurança Pública para integrar o Detran

A também servidora Maria Lima foi contratada pelo Governo do Estado em 1983 para a Secretaria de Segurança Pública para o cargo de auxiliar administrativa e em 24 de setembro de 1987 foi colocada à disposição do Detran, onde permanece há 32 anos. Ela conta que o órgão representa tudo em sua vida.

“O Detran representa tudo na minha vida, porque foi aqui que construí a minha vida, com o dinheiro soado do meu salário, que ganhei trabalhando honestamente, eu criei a minha filha, construí a minha casa e comprei meu carro”, afirmou orgulhosa à servidora.

A servidora Maria lima lembrou o quanto o Detran evoluiu nesses 33 anos de existência. “No início todo o serviço era feito de forma manual. Agora, tudo é no sistema, ou seja, melhorou para o servidor e para o usuário”, afirmou, destacando o avanço tecnológico.

Ela lembrou que no início o usuário aguardava atendimento por horas a fio, muitos chegavam a desmaiar por causa do calor. Hoje, completa a servidora, o atendimento é muito rápido e o ambiente é climatizado.

O Detran está presente nos 52 municípios de Rondônia e ainda conta com mais 20 Postos Avançados, totalizando 72 unidades no Estado. Órgão totalmente informatizado que trabalha nos termos do Artigo 22 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), tendo como missão planejamento, coordenação, fiscalização e ainda executar a política de trânsito, bem como cumprir e fazer-se cumprir a legislação de trânsito no Estado de Rondônia.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias