Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020 - 15:42 (Geral)

L
LIVRE

DETRAN FAZ ORIENTAÇÃO DE TRÂNSITO NO TERMINAL RODOVIÁRIO DE PORTO VELHO

A ação educativa foi muito bem aceita pelas pessoas que estavam chegando ou partindo de viagem.


Imprimir página

Com o objetivo de orientar sobre os cuidados para um trânsito seguro e humanizado, profissionais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia, por meio da Diretoria Técnica de Educação de Trânsito (Dtet), promoveram na manhã de terça-feira (14), no terminal rodoviário de Porto Velho, uma grande mobilização onde foram abordados e orientados passageiros, motoristas, taxistas e mototaxistas.

Além das explicações sobre segurança no trânsito, as pessoas receberam material educativo e também uma camiseta do Detran que leva uma mensagem sobre as consequências da falta de educação no trânsito.

A ação educativa foi muito bem aceita pelas pessoas que estavam chegando ou partindo de viagem. “Gosto de viajar de ônibus, mas confesso que sinto um pouco de medo de acidente”, disse a dona de casa Luiza Mendonça.

Sandra Silva, 39 anos, que trabalha como mototaxista há 11 anos em Porto Velho, também elogiou a ação educativa do Detran, principalmente as orientações direcionadas aos motociclistas que são as principais vítimas de trânsito em todo o Brasil, e em Rondônia não é diferente. “Há 11 anos trabalhando como mototaxista, nunca me envolvi em acidente de trânsito, mas vejo acidente envolvendo motociclistas todos os dias”.

O diretor geral do Detran, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, ressalta que o trânsito é comportamento e que, infelizmente, cerca de 90% dos acidentes são causados por falha humana, seja desatenção ou imprudência no trânsito. O resultado são pessoas ficam gravemente feridas que vão parar no Pronto Socorro João Paulo II, muitas ficam mutiladas e incapacitadas para o trabalho, quando não perdem a vida.

Dados mostram que 70% dos internados no Hospital e Pronto Socorro João Paulo II são vítimas de trânsito, cerca de 15 motociclistas por dia dão entrada na unidade hospitalar.

A mototaxista Sandra Silva disse que todos os dias vê acidentes de trânsito na capital

A diretora Técnica de Educação de Trânsito, Cleuza Avello Corrêa, disse que esse ano as ações educativas serão intensificadas objetivando atingir um número maior de pessoas, a exemplo do trabalho que foi realizado nesta manhã no terminal rodoviário, onde pessoas de várias regiões, inclusive de outros estados, foram alcançadas com a ação educativa.

O Detran também alerta para as vias em Porto Velho onde se concentram os maiores números de acidentes de trânsito conforme dados de 2018. A rodovia BR-364 no trecho urbano que corta a cidade de Porto Velho foram registrados 205 acidentes; na Jorge Teixeira, 170; na Avenida Calama, 155;

Avenida Jatuarana 138; Avenida Amazonas, 136; Avenida Mamoré, 134; Avenida Sete de Setembro, 128; rua Alexandre Guimarães, 121; Avenida Rio de Janeiro, 108; Avenida Rio Madeira, 103 e Avenida Campos Sales, 102 acidentes.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias