Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019 - 14:20 (Política)

L
LIVRE

CRISTIANE LOPES E BANCADA EVANGÉLICA DISCUTEM PLANO DIRETOR COM LIDERANÇAS RELIGIOSAS E TÉCNICOS

Após todas as adequações necessárias o Projeto de Lei do Plano Diretor deve ser encaminhado à Câmara Municipal para votação.


Imprimir página

Com o objetivo de discutir a regularização dos terrenos, adequação dos templos de instituições religiosas e demais imóveis de Porto Velho e possíveis alterações no Plano Diretor Municipal que será votado no segundo semestre de 2019, a vereadora Cristiane Lopes (PP) se reuniu desta vez com a vereadora Joelna Holder (MDB), o presidente do Conselho Municipal de Ministros Evangélicos de Porto Velho (COMEP), pastor Val Alves, e técnicos, entre eles: a engenheira Rosalina Moreira, o contador Maurício Fuzzari, o técnico em educação para o trânsito e licitações/contratos Sérgio Augusto Oliveira além do advogado Manoel Veríssimo, na sala de reuniões da Câmara Municipal.

"A realidade da nossa Capital infelizmente é de diversos bairros em situação irregular. Nosso principal objetivo é fazer as alterações no Plano Diretor para que as instituições religiosas, demais residências e terrenos nas mesmas condições, não sejam prejudicados", destacou a vereadora Cristiane Lopes.

No último dia 11, foi realizada no Plenário da Casa de Leis, uma Audiência Pública onde representantes da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária (SEMUR) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA) mostraram aos líderes religiosos e a direção do COMEP, detalhes das leis que devem ser seguidas quanto as construções.

Após todas as adequações necessárias o Projeto de Lei do Plano Diretor deve ser encaminhado à Câmara Municipal para votação. O Plano Diretor rege normas de planejamento estrutural urbana e sustentável. Ele organiza a parte estrutural do município e tem a validade de 10 anos.

Fonte: 015 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias