Domingo, 17 de Maio de 2020 - 14:08 (Coronavírus)

L
LIVRE

COVID-19 CHEGA A ALDEIA KARITIANA E INFECTA TRÊS INDÍGENAS

Eles moram em aldeia na região de Rio Pardo, distante pouco mais de 60 quilômetros da capital. São três indígenas Karitiana infectados pela Covid-19, de 48, 40 e 37 anos.


Imprimir página

São os primeiros casos de indígenas infectados pelo novo coronavírus em Rondônia. Estão em os 1918 registrados até este sábado, 17.

Eles moram em aldeia na região de Rio Pardo, distante pouco mais de 60 quilômetros da capital. São três indígenas Karitiana infectados pela Covid-19, de 48, 40 e 37 anos.

Estão internados na Casa de Saúde Indígena, a CASAI de Porto Velho. Tudo leva a crer que tiveram contato com o coronavírus quando foram sacar o auxílio-emergencial.

A entrada de não-indígenas na aldeia já era controlada rigorosamente. Agora, mais ainda. Elivar Karitiana, pede que os ‘parentes’ obedeçam a ordem de não se deslocarem para os centros urbanos.

Uma ação da Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé, levou recentemente produtos de higiene e cestas básicas às aldeias para garantir o isolamento, porque a saúde dos indígenas é muito mais frágil.

Ivaneide Bandeira, coordenadora da Kanindé, também está com a Covid-19.

A campanha #FiqueNaAldeia é nacional e aqui incentivada por associações indígenas e organizações não-governamentais.

Fonte: Luciana Oliveira - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias