Terça-Feira, 18 de Junho de 2019 - 07:48 (Colaboradores)

L
LIVRE

CORRAM PARA TIRAR BOLSONARO DO PODER, SENÃO ELE É CAPAZ DE LIMPAR A PODRIDÃO DESSE PAIS

Só tem um jeito de não termos essas perguntas respondidas: se derrubarem Bolsonaro e sua turma.


Imprimir página

Milhões de reais destinados à saúde indígena são roubados, vergonhosamente. Desviada num caminho tortuoso que une, nas falcatruas, representantes de entidades, de ONGs, intermediários e muitas lideranças indígenas, a verdadeira fortuna destinada aos cuidados com os velhos, crianças, mães e todos os índios doentes, custam aos cofres públicos mais de três vezes o que se gasta com um doente comum, atendido pelo SUS. O paciente comum custa 600 reais/mês. Os índios, 2 mil reais cada. Mas o dinheiro nunca chega lá na ponta, segundo nova denúncia deste domingo, no programa Fantástico, da Rede Globo. O que se vê são locais imundos onde os índios que vêm as cidades são abrigados, como a Casa do Índio em Porto Velho, que é uma pocilga. O que se vê é o índice de mortes aumentar consideravelmente em todo o País, mesmo com tantos milhões de reais investidos. Os mais de 800 mil índios no Brasil, recebem uma verba que supera 1 bilhão e 400 milhões por ano, para seus tratamentos. Apenas uma ínfima parte dessa fortuna chega na ponta. O resto é desviado, roubado vergonhosamente. Na última década e meia, governos de esquerda, representados pelos falsos protetores dos índios, se calaram ante tanto desprezo pelos nossos indígenas. Assistiram, passíveis, ao aumento das doenças, à falta de medicamentos básicos; às mortes que se multiplicaram; ao suicídio de centenas deles, sem nada fazerem para amenizar a situação e acabarem com a corrupção que parecia não ter fim. Em cada tapete levantado dos tempos de Lula e Dilma, mais podridão se encontra.

Compreende-se, pelo que está acontecendo, tanta gritaria contra o governo Bolsonaro e sua sina de limpeza das instituições. Foi tanta omissão, tanto falta de ação, tanto fechar de olhos, tanta ideologia colocada sempre em primeiro lugar em instituições e poderes aparelhados pelo esquerdismo, que muita gente tem medo, agora, do que começa a vir a público. Os questionamentos  certamente serão cada vez maiores. Onde estavam os órgãos de fiscalização, que nada fizeram? Onde estava o Ministério Público Federal, que não denunciou e exigiu a prisão de todos os envolvidos em tantas falcatruas, agora escancaradas pelo novo governo? Aliás, quantos desses bandidos envolvidos nessa vergonhosa roubalheira foram presos ou estão presos? Onde estava o sempre atento Tribunal de Contas da União, que ignora até decisões do STF, para manter suas fiscalizações e que nada fez contra toda essa roubalheira? Para onde foi tanto dinheiro desviado, que nunca chegou para atender os índios como eles mereciam? Só tem um jeito de não termos essas perguntas respondidas: se derrubarem Bolsonaro e sua turma. Portanto, é bom que o façam, porque senão, a cada dia vão aparecer mais coisas putrefatas, até agora escondidas. Corram para tirar esse governo do Poder. Senão, ele é capaz de limpar a podridão desse Pais!

UM NOME PARA CANDEIAS

Não  há nessa coluna a cultura tucana de ficar em cima do muro. Aqui até se pode errar feio (e se erra), mas nunca por omissão. Por isso, vamos falar claramente sobre a eleição municipal de Candeias do Jamari. Todos os candidatos, é claro, têm direito à postulação, tem seus eleitores, tem sua história, estão na corrida pela Prefeitura certamente por merecimento. Mas há um deles que tem uma vida pregressa sem qualquer vírgula, sem um só processo, sem nunca ter se envolvido em um só ato que pudesse se contestado. Por isso, merece ao menos ser analisado mais profundamente pelo eleitorado de Candeias, uma pequena cidade, mas extremamente problemática, principalmente pelas verdadeiras guerras políticas que enfrenta e pela sucessão de denúncias, rolos, problemas que têm se registrado, ao menos nos últimos tempos. Incluindo o assassinato do último Prefeito eleito, Chico Pernambuco. 

Por tudo isso, é importante que o passado dos candidatos seja muito bem conhecido pela população. A coluna sugere que a história de Ribamar Araújo, o  nome do PR na corrida, seja analisado profundamente. Ficha limpíssima, ele nunca enfrentou qualquer denúncia na sua vida pública. Esse quesito, aliás, deveria ser o principal, quando se vai analisar em quem votar.

O ESTADO NÃO PARA!

Nessa semana de feriados, feriadões, uma sucessão de dias não trabalhados exatamente numa terra onde se precisaria trabalhar o triplo para continuar crescendo, há ao menos uma boa notícia: o governo de Rondônia está acabando com o terrível Ponto Facultativo.  É aquela malandragem feita no serviço público para dar moleza a quem, muitas vezes, já tem moleza demais! Não haverá mais Ponto Facultativo no serviço Público para o Estado. A decisão já vale para essa semana, onde a quarta-feira será dia normal de trabalho e para a sexta-feira, outro dia pós feriado, quando todas as repartições estaduais funcionarão normalmente, segundo confirmou pessoalmente à coluna, o governador Marcos Rocha.

O Ponto Facultativo é uma espécie de drible para enganar trouxa e é mais uma estratégia que separa a casta do funcionalismo dos outros trabalhadores comuns. Quer dizer que quem quiser trabalhar, pode fazê-lo, mas quem não quiser, não precisa se preocupar com isso. Que fique  em casa, sem fazer nada ou vá curtir o seu dia, enquanto os outros brasileiros têm que suar para conseguir seu dinheirinho. De vez em quando algum otário, na boa fé, vai tentar trabalhar no dia do Ponto Facultativo. Não consegue sequer passar pela portaria. O Estado está acabando com essa malandragem. Quando os outros Poderes e outros estágios da administração pública farão o mesmo?

A ZONA AZUL ESTÁ CHEGANDO...

Anda rapidamente o projeto de implantação da Zona Azul, o sistema de estacionamento pago, na área central de Porto Velho. Não se sabe ainda se, num primeiro momento, o programa será implantado em outras regiões da cidade, que têm centros comerciais, como as zonas sul e leste. Senão agora, certamente a expansão da Zona Azul para essas áreas deverá ser rapidamente analisada, porque tanto na avenida Jatuarana como na José Amador dos Reis, por exemplo, já não se encontra estacionamento fácil, porque há motoristas que param seus carros de manhã e só os retiram no final do expediente, prejudicando toda a estrutura o comércio. No centro da Capital, os estudos apontam que o valor do estacionamento deve ser em torno de 1 real e 50 centavos a 2 reais por hora. O veículo só poderá ficar na mesma vaga por duas horas. Depois disso, terá que ser retirado, sob pena de multa e até guincho. Os detalhes da licitação que será aberta para a contratação da empresa especializada pelo serviço e controle, está sendo preparado. Se tudo correr bem, é possível que, em meados do segundo semestre, finalmente, a inovação seja implantada. Porto Velho é a única Capital do país onde não existe o estacionamento pago. Não é incrível?

OS PESCADORES CONTRA OS... PESCADORES!

Há algo incompreensível também em questões ambientais em Rondônia. A pesca predatória, ilegal, sem qualquer senso de responsabilidade, não tem sido praticada apenas por amadores, ávidos por aventuras e para contar histórias que, muitas vezes, são apenas aqueles exagerados contos de...pescador. Profissionais da área, aqueles que vivem disso, também andam cometendo pecados capitais, pelos rios da região. Nos últimos dias, uma dura fiscalização das equipes da Secretaria do Meio Ambiente do Estado, a Sedam, fez dezenas de apreensões de redes e materiais de pesca e aplicaram pesadas multas em muita gente, que anda pescando peixes de até 25 centímetros, quando o mínimo para a pesca é que ele tenham 85 centímetros. Estão querendo acabar com a multiplicação de vários tipos de peixes no rio Madeira e outros rios da região, em ações predatórias e absurdamente irresponsáveis. O lamentável nessa história é que muitos dos multados e que tiveram equipamentos e redes apreendidas, são pescadores profissionais, que deveriam estar é cuidado dos rios e da multiplicação dos cardumes, para poderem sobreviver. Essas coisas não se entendem. Quando até quem vive da pesca parece querer acabar com ela, é porque a coisa chegou num patamar extremamente complexo de se compreender...

QUATRO TENTATIVAS INFANTIS

Não está na hora de alguns dos nossos vereadores começarem a levar mais a sério seu trabalho e pararam de fazer bobagens, tentando criar factoides e atrair holofotes com ameaças infantis? Uma dessas asneiras que se sucedem pela Câmara Municipal de Porto Velho é a tentativa, de alguns poucos, mas com apoios aqui e ali, de tentarem um impeachment sem pé nem cabeça, do prefeito Hildon Chaves.

As coisa é tão amadora, que já foram feitas quatro tentativas, cada uma mais esdrúxula que a outra, que o tiro acaba saindo pela culatra. Eventualmente, pode parecer que alguns poucos dos nobres edis, além de holofotes e criação de factoides, usam esse artifício para tentar barganhar vantagens com o Palácio Municipal. Obviamente que não é esse o interesse,  mas pode parecer. Como  na historia da mulher de César. Não basta ser honesta. Tem que parecer honesta. Deu pra entender? Há inclusive casos ridículos de edis que teriam proposto o impeachment do Prefeito num dia e no outro teriam corrido ao gabinete dele, para afirmar que votariam contra qualquer pedido de impeachment, desde que.... Está na hora de acabar com esse tipo de chantagem e com essas ameaças idiotas. A cassação de um Prefeito é coisa séria e só pode acontecer por fatos concretos e de grande importância. Afora isso, é algo que pode ser comparado a uma palhaçada. Pronto. Falei!

MAIS DE 40 MIL ACESSOS

O governador Marcos Rocha, leitor assíduo, entrou em contato para desejar sucesso ao Blog e avisar que não assinou e nem assinará qualquer decreto de Ponto Facultativo. O presidente da Assembleia publicou texto  nas redes sociais, elogiando a análise feita sobre o relacionamento entre os poderes e pedindo compartilhamento. O leitor César Pyles também comentou a questão do feriado de Corpus Christi. Sérgio Fraga desejou sucesso. Fausto Moura foi mais exagerado, sobre o novo Blog OPINIÃO DE PRIMEIRA: "ótimo, imparcial e com visão atual do nosso Estado". José Carlos Coutinho escreveu: "Excelente a coluna. Parabéns!". O presidente do TCE-RO, Edilson da Silva, foi uma das muitas autoridades a se comunicarem com o colunista, falando sobre o novo Blog e o fazendo com elogios. O empresário Antônio Wilson, do Grupo HO, o primeiro dos novos anunciantes do novo Blog, também registrou seus elogios.  Dezenas de mensagens foram postadas no watts app e outras formas de contato, destacando a qualidade da coluna e desejando sucesso. Já nos cerca de 40 sites onde a OPINIÃO é publicada, um público estimado de 40 mil leitores acessaram o texto. A todos os que nos acompanham e acreditam no trabalho realizado, sempre com preocupação com a qualidade e  respeito ao bom jornalismo, nossos maiores agradecimentos. A estreia do novo Blog OPINIÃO DE PRIMEIRA teve resultados muito acima do que poderíamos esperar. Grato a todos. (Sérgio Pires)

PERGUNTINHA

Com a Mega Sena pagando um prêmio de 125 milhões de reais, nesta quarta, haverá algum assunto mais importante para se discutir nesse Brasil, onde milhões vivem de sonhos de ficarem milionários, sem fazer esforço?

 

Fonte: Sergio Pires/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias