Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019 - 15:17 (Política)

L
LIVRE

CORONEL CHRISÓSTOMO DEFENDE QUE ROUBO DE MEDICAMENTO SE TORNE CRIME HEDIONDO

O deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL-RO) apresentou a Câmara dos deputados o PL 2784/2019 que classifica como crime hediondo roubo/furto de medicamentos.


Imprimir página

De acordo com o parlamentar, esse tipo de crime tem crescido de forma alarmante no país, gerando um problema de saúde pública, onde a sociedade e os órgãos de saúde ficam prejudicados, pois os medicamentos não chegam ao destino final.

“Esse tipo de prática de ação criminosa é altamente grave para sociedade. Geralmente essas “quadrilhas” focam medicamentos caros como o de câncer, e os revende no mercado negro de forma irregular, prejudicando um grande número de pacientes”, disse o deputado.

O crime hediondo é utilizado com frequência para os crimes que ferem a dignidade humana, causando grande comoção e reprovação da sociedade, assim como o estupro, homicídio, genocídio e etc.

A Agência da Vigilância Sanitária - ANVISA como iniciativa de prevenção estabeleceu entre seus procedimentos, o Alerta de Roubo de Carga de Medicamento, que identifica e divulga em seu site os medicamentos roubados, seus respectivos lotes e laboratórios.

“Esse extravio de medicamentos coloca em risco a saúde de milhares de brasileiro, por isso a necessidade de classificarmos essa ação como crime hediondo”, finalizou Coronel Chrisóstomo.

Fonte: 030 - Assessoria de Comunicação

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias