Segunda-Feira, 06 de Abril de 2020 - 11:30 (Coronavírus)

L
LIVRE

CORONAVÍRUS: RONDÔNIA REGISTRA SETE CASOS DE CURA DO COVID-19

Após o isolamento, pacientes deixaram de apresentar sintomas, cenário que de acordo com o protocolo da Vigilância Estadual de Saúde, define a cura.


Imprimir página

O segundo paciente com caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19), em Porto Velho, teve a confirmação da cura clínica pelo médico infectologista Dhélio Pereira, que o acompanha. A informação foi repassada no sábado (4), pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), após conhecimento do laudo médico. Segundo a Agência Estadual de Vigilância Sanitária, já são sete os casos de cura da doença.

O caso relatado ao Cievs da Semusa se refere ao presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero) e da Agência Municipal de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH), Marcelo Thomé. Ele fez parte de um encontro com o presidente americano Donald Trump, no início de março, com uma comitiva liderada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Segundo a coordenadora do Cievs, Jorilda Monteiro, o paciente teve o teste positivo no dia 21 de março e, seguiu a recomendação de isolamento dentro de casa. “Ele precisou adotar a risca as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das Secretarias estadual e municipal de Saúde (Sesau e Semusa)”.

“Após o isolamento por 14 dias, o paciente deixou de apresentar sintomas. Este cenário, de acordo com o protocolo da Vigilância Estadual de Saude, define a cura. A partir de agora, o paciente passa a ser acompanhado pela Semusa”, informou o técnico do Cievs, Marcus Vinicius, responsável pelo acompanhamento do caso.

SINTOMAS E CUIDADOS

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os sintomas comuns da doença (Covid-19) são febre, coriza, tosse (seca ou secretiva), falta de ar e diarreia.

Marcus Vinícius reitera o alerta da Semusa à população. “Siga no exercício do distanciamento social para desacelerar a proliferação do vírus, evitando contato com as pessoas em locais fechados ou aglomerados, além da higienização das mãos com álcool em gel ou sabão com frequência, evitar tocar os olhos, nariz e boca, não compartilhar objetos pessoais e cobrir o nariz e boca ao tossir ou espirrar”.

CALL CENTER

Em caso de suspeita do Covid-19, ligue gratuitamente para o Call Center 0800-647-5225. O atendimento será feito por médicos e profissionais da Saúde.

DADOS ATUALIZADOS

Segundo o último boletim divulgado pela Agencia Estadual de Vigilância Sanitária na tarde de domingo (5), agora são 14 casos confirmados, um óbito, 25 aguardando resultado e 683 descartados.

Fonte: Comdecom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias