Segunda-Feira, 30 de Março de 2020 - 14:08 (Política)

L
LIVRE

CORONAVÍRUS - DEPUTADO ANDERSON INDICA QUE GOVERNO DISTRIBUA COM URGÊNCIA ALIMENTOS DA MERENDA ESCOLAR PARA FAMÍLIAS DE ESTUDANTES DE BAIXA RENDA

Vale ressaltar que o dinheiro do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), continuará a ser repassado pela União a estados e municípios


Imprimir página

Preocupado com a crise financeira que a pandemia do COVID19 - Coronavírus, trouxe não só para Rondônia, mas como para todo o mundo, o deputado estadual Anderson Pereira (PROS), apresentou requerimento ao poder executivo, com cópia para a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), pedido de providências acerca da distribuição dos alimentos que compõem a merenda escolar do Estado, para serem disponibilizados às famílias de estudantes de baixa renda.

Devido a paralisação das aulas em todo estado por tempo indeterminado, alimentos estocados nas escolas tem tempo de validade e precisam serem utilizados, caso contrário podem estragar em seus respectivos depósitos. Considerando a situação de vulnerabilidade social destas famílias onde, em alguns casos, alunos mais necessitados, tinham a merenda escolar como sua única refeição, seria de extrema importância a distribuição destes alimentos para garantir uma alimentação digna neste período de calamidade pública.

Vale ressaltar que o dinheiro do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), continuará a ser repassado pela União a estados e municípios para a compra de merenda escolar e não prejudicará o retorno das aulas, pós o termino da pandemia.

"Estamos preocupados com a situação econômica que muitas famílias estão enfrentando devido a restrição de atividades no estado, muitos trabalhadores estão em isolamento com suas famílias sem dinheiro e alimentação, precisamos pensar sempre no coletivo e trazer dignidade a nossa população, que padece com essa crise sem ter culpa nenhuma. Espero que o governador seja sensível ao nosso pedido e faça com urgência a distribuição destes alimentos", finalizou Anderson Pereira.

Fonte: 015 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias