Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019 - 11:22 (Saude)

L
LIVRE

CONSULTORES DO HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS REALIZAM VISITA NO HOSPITAL DE BASE EM PORTO VELHO E ANALISAM MEDIDAS DE MELHORIAS NA SAÚDE PÚBLICA

De acordo com o diretor geral do Hospital de Base, Nilson Paniaguá, a unidade recebe pacientes que necessitam de cirurgias.


Imprimir página

A equipe técnica do Hospital Sírio Libanês, que está fazendo consultoria no Pronto Socorro João Paulo II (JPII), através do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), esteve no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, em Porto Velho, para discutir a problemática dos pacientes ortopédicos do JPII e analisar medidas que tornem a saúde pública estadual mais eficiente.

De acordo com o diretor geral do Hospital de Base, Nilson Paniaguá, a unidade recebe pacientes que necessitam de cirurgias. O paciente pós-cirúrgico permanece em torno de 7 a 8 dias internado na unidade. Dependendo da gravidade, pode ficar mais tempo. “Hoje nossa maior demanda cirúrgica é da ortopedia, chegando a 60%. De janeiro a junho deste ano já foram realizados mais de 2.500 procedimentos cirúrgicos somente no HB”.

“Estamos fazendo um levantamento de todas as demandas e necessidades dentro do JPII para que possamos oferecer um atendimento mais humanizado. Dentre eles, vimos que é possível melhorar os protocolos assistenciais, como a alta para pacientes com cirurgias marcadas, evitando que fiquem aguardando na unidade. Vamos levantar todas as informações necessárias”, destacou o consultor Paulo Malabarba.

Fonte: 017- secom-gov/ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias