Sexta-Feira, 08 de Maio de 2020 - 11:47 (Comercio e Industrias)

L
LIVRE

COMÉRCIO DE PORTO VELHO ESPERA O PIOR DIAS DAS MÃES DOS ÚLTIMOS TEMPOS

E quando o comércio voltar a funcionar, certamente várias lojas não deverão reabrir e muitos postos de trabalhos serão fechados


Imprimir página

PORTO VELHO - O comércio varejista do município de Porto Velho  acredita que o Dia das Mães deste ano, considerada a maior data para vendas do setor depois do Natal, terá o pior desempenho da história. A avaliação é do presidente da Associação Comercial de Rondônia (ACR) Vanderlei Oriani.

Vanderlei disse hoje (8), "o comércio  portovelhense está com as lojas fechadas desde o último mês de março devido ao isolamento social decretado para enfrentar a pandemia do novo coronavírus e, dessa forma, enfrenta uma crise sem precedentes, com o risco de os pequenos e médios negócios não conseguirem reabrir as portas. Cada dia parado representa  milhões em perdas de vendas", informou o presidente da ACR.

"Um dos principais pilares da economia de Porto Velho, o comércio responde por milhares de  postos de trabalho. E quando o comércio voltar a funcionar, certamente várias lojas não deverão reabrir e muitos postos de trabalhos serão fechados", apontou Oriani .

Vendas online

Buscando reduzir os prejuízos e garantir o atendimento a clientes para o Dia das Mães, alguns lojistas estão recorrendo a vendas 'online' e enfrentando a concorrência das grandes redes especializadas. De acordo com Oriani, no entanto, as vendas não estão compensando o custo da logística.

"No ano passado, o Dia das Mães em Porto Velho não registrou expansão nas vendas, o que frustrou a previsão dos empresários, que esperavam aumento. Em 2019, nenhuma data comemorativa alcançou a expectativa que o comércio de Porto Velho tinha, acrescentou

“Estamos aguardando a reunião de hoje com o Prefeito e o Governador para vermos quais medidas devemos tomar".

Fonte: NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias