Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2015 - 17:12 (Colaboradores)

L
LIVRE

CASOS DE VERDADE Nº 168/15

Já de orelha em pé, aquele policial perguntou o nome da esposa, para que emitisse uma intimação, quando o elemento informou que sabia apenas o nome artístico e que ela era conhecida por BOLADÃO.


Imprimir página

Estando em momentos de labuta, isso passado já há algum tempo, aparece naquela delegacia de policia, um elemento de aproximadamente trinta anos de idade, a fim de registrar uma ocorrência de lesão corporal, contra sua mulher, que teria lhe dado uma surra com socos e pontapés, inclusive com algumas lapadas de cinta de couro, onde sua costa parecia mais um mapa de rodovias, tanto que ainda naquele momento sangrava bastante.

Ao ser perguntado por aquele policial plantonista, o porquê de sua esposa tê-lo açoitado daquela maneira e ainda perguntado qual o tamanho dela, uma vez que aquele camarada não era tão pequeno e media aproximadamente 1,70m, pesando 72 quilos. Em resposta ao policial, disse que sua amada teria ficado com ciúmes ao vê-lo conversando com um senhor de meia idade, informando ainda que ela media mais ou menos 1,90m e pesava aproximadamente 90 quilos, com músculos bem definidos, uma vez que seu amor além de lhe curtir de montão, também amava uma academia, onde malhava duas vezes por dia em ritmo de alto grau. Já de orelha em pé, aquele policial perguntou o nome da esposa, para que emitisse uma intimação, quando o elemento informou que sabia apenas o nome artístico e que ela era conhecida por BOLADÃO.

Ao observar o tamanho do “gorila” parecido com nossos antepassados, com uma voz grossa e estrondosa, barbudo (a) e bigodudo (a), o policial de plantão chamou os dois e deu alguns conselhos, não podendo fazer mais nada, apenas perguntando se ele (a) era a mulher do cara, quando aquele (a) grandalhão (ona) disse em voz alta: SOU, MAS EXIJO RESPEITO DE MEU COMPANHEIRO, BEM COMO, DE TODO MUNDO. Este é mais um caso de verdade e qualquer semelhança é mera coincidência. 

Fonte: Marival Furtado Vieira

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias