Segunda-Feira, 27 de Outubro de 2014 - 17:10 (Colaboradores)

CASOS DE VERDADE Nº 160/14

Em seguida aquele homem, ainda coberto da cabeça aos pés de lama, responde educadamente: “MAS EU NÃO FALEI NADA”, e aquele bacana ainda responde: “NÃO FALOU, MAS PENSOU”.


Imprimir página

Por Marival Furtado Vieira

Andando por ai em um carro importado, um cidadão aparentando quarenta anos de idade, o qual fumava um charuto cubano, vestindo um terno elegantíssimo e usando um chapéu panamenho, quando em dado momento, não sabendo se fora propositalmente ou não, seu veículo passa em uma poça d’água a certa velocidade e veja o que aconteceu...

Era aproximadamente 16h00 de um dia nublado, quando ao passar próximo a um buraco cheio d’água, joga lama em um senhorzinho que transitava por ali, trajando sapatos brancos, calça e camisa brancas, ficando sua roupa totalmente enlameada e de imediato o motorista dá marcha-ré em seu veículo e ao descer, diz para aquele senhor em alto e bom som: “FDP É VOCÊ”

Em seguida, voltou ao volante de seu carro, queimando pneu e saindo em alta velocidade, antes, porém, ainda deu um cavalo de pau e desta vez, com certeza propositalmente passou dentro daquele dito buraco e novamente jogou mais lama naquele senhorzinho. Só que desta vez, o cara metido a bacana quebrou a cara, pois o senhor, ao perceber a intenção do marmanjo, já teria engatilhado uma arma que trazia em sua cintura e pipocou primeiramente os dois pneus dianteiros, para em seguida atirar nos dois traseiros, onde o carro sem condições de trafegabilidade, teve que parar, momento em que aquele homem encosta a arma na cabeça do motorista e diz: “AGORA NÃO ESTOU PENSANDO, ESTOU DIZENDO, POIS VOCÊ É O MAIOR FDP, ALÉM DE CORNO E PORCO. APROVEITANDO DESCE DESTE CARRO E ROLA NA LAMA SEU PORCO IMUNDO”. Adivinha se o cara rolou? Este é mais um caso de verdade e qualquer semelhança é mera coincidência.

Fonte: Marival Furtado Vieira

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias