Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019 - 09:00 (Saude)

L
LIVRE

CARRETA DO AMOR ATENDE A PARTIR DAS 8H NO ORGULHO DO MADEIRA; AÇÕES DA AGEVISA E SESAU COMEÇARAM 2ª FEIRA À TARDE

A meta é atender a todos, aproveitando o bom momento da campanha nacional aberta oficialmente em frente à Torre Pacaás Novos do Palácio Rio Madeira [sede do governo estadual] na manhã de segunda-feira (14).


Imprimir página

Por Montezuma Cruz
Fotos: Frank Néry

Das 8h até 18h desta terça-feira, a carreta do amor usada para exames preventivos de câncer de mama e de útero atenderá na Escola Municipal Maria Francisca de Jesus Gonçalves, no Bairro Orgulho do Madeira (zona leste), em Porto Velho, onde moram 16 mil pessoas.

A programação do Outubro Rosa começou na tarde de segunda-feira, com atendimentos múltiplos e diversificados por equipes do Estado e da Prefeitura Municipal de Porto Velho. Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) e Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) são responsáveis pela programação do Outubro Rosa.

Hélio Borges, 46, sete filhos, morador na quadra 590, levou a esposa, Lílian Pinheiro Menezes, 32 para se inscrever nos exames e também conduziu à sala da pediatria as filhas Isabela, 9 anos, aluna do 3º ano, e Ester, 5, aluna do pré 2.

Segunda-feira, a escola se transformou numa grande unidade médico-hospitalar: 12 consultórios receberam mulheres e crianças em busca de atendimento nas salas de enfermagem, pediatria, oncologia, clínica geral, nutricional e de outras áreas.

A meta é atender a todos, aproveitando o bom momento da campanha nacional aberta oficialmente em frente à Torre Pacaás Novos do Palácio Rio Madeira [sede do governo estadual] na manhã de segunda-feira (14).

“É com grande alegria que colocamos à disposição de vocês os serviços de saúde do Estado”, anunciou na abertura do ato a gerente de Programas Estratégicos de Saúde na Sesau, Annalise Medeiros.

Na mesa ornamentada por balões cor de rosa, próxima às filas nas portas das salas, ela lembrou ter durado um mês a organização do evento. “Espero que todos saiam daqui com seus problemas resolvidos”, disse.

Para a gerente da Agevisa, Ana Flora Camargo Gehardt, a comodidade dos moradores do residencial é um dos principais objetivos do governador coronel Marcos Rocha e do secretário de saúde Fernando Máximo. “A prevenção exige trabalho, aqui estarão os testes rápidos e a carreta do amor; o câncer tem cura, desde que diagnosticado no começo, mas isso só ocorre com exames e diagnóstico”, alertou.

Ana Flora elogiou dois maridos que visitaram a escola acompanhados de suas mulheres e convidou os moradores para dispor do atendimento: “Tragam seus vizinhos e vizinhas, alguns dizem que têm medo, mas um antigo ditado diz que é melhor prevenir que remediar”.

Atendentes e enfermeiros da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) conduziram as pessoas aos consultórios médicos. A Secretaria Estadual da Assistência e do Desenvolvimento Social (SEAS) também atende numa sala.

Acadêmicos de Odontologia da Fimca montaram escovódromos, distribuíram kits de higiene oral e cadastraram pessoas para o atendimento na sede da Faculdade. Funcionários da Sesau e Agevisa entregaram folders com alerta contra a sífilis, doença de alta gravidade. A cura da sífilis começa no primeiro atendimento, diz a campanha.

Rondônia notificou mais de 430 casos de sífilis este ano, a maioria em Porto Velho. Segundo a Agevisa, essa doença sexualmente transmissível traz complicações, principalmente em mulheres grávidas.

Há casos de sífilis primária, secundária, latente e terciária, informa o folder distribuído na escola do Orgulho do Madeira. Moradores poderão se submeter ao teste, conhecendo resultados e iniciando o tratamento.

A sífilis também tem cura, a exemplo dos cânceres de útero e mama. “Quanto mais rápido o diagnóstico e o tratamento, mais fácil será a cura. O profissional de saúde deve acompanhar os casos e fazer a devida notificação à vigilância epidemiológica”, assinala o Ministério da Saúde.

Fonte: Secom/gov-ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias