Terça-Feira, 28 de Abril de 2020 - 16:15 (Saude)

L
LIVRE

CAMINHONEIROS SÃO VACINADOS CONTRA H1N1 EM ALUSÃO AO DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DE ACIDENTE DE TRABALHO

A iniciativa também é em alusão ao Abril Verde, que tem como lema “Todos Juntos pela prevenção e saúde do trabalhador


Imprimir página

Para celebrar o Dia Mundial em Memórias às Vítimas de Acidentes de Trabalho, comemorado no dia 28 de abril,  a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram na terça-feira (28) a vacinação de 300 caminhoneiros contra Influenza (H1N1). A iniciativa também é em alusão ao Abril Verde, que tem como lema “Todos Juntos pela prevenção e saúde do trabalhador”.

A ação aconteceu no posto da Polícia Rodoviária Federal em Porto Velho no sentido ao município de Candeias do Jamari e contou com apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho. “ Vacinaremos os caminhoneiros e também os idosos. Também estamos orientando sobre a higienização das mãos, o uso da máscara e álcool em gel para combater o coronavírus”, explica a gerente técnica em Vigilância à Saúde do Trabalhador da Agevisa, Elisane Melo.

Para a diretora geral da Agevisa, Ana Flora Gerhardt, a ação também tem intuito de prevenção , promoção e proteção à classe trabalhadora. “ Os caminhoneiros muitas vezes não têm tempo para ir ao posto de saúde porque iniciam o trabalho logo cedo e finalizam no final da tarde. Muitas vezes entram em uma cidade e não sabem onde é o posto de saúde para fazer essa vacina. Aqui estaremos cuidando da saúde deles, pois eles já cuidam da nossa vida trazendo alimentos, enfrentando sol e chuva”.

O superintendente executivo da Polícia Rodoviária Federal em Rondônia, Rommel Pessoa Dantas, disse que a parceria com Agevisa foi fundamental neste momento de pandemia. “ Sempre realizamos ações e buscamos auxiliar os trabalhos dos caminhoneiros. Já distribuímos refeições, kits de higiene e, agora, veio a vacinação contra a H1N1. Sabemos que essa ação facilitará para os caminhoneiros. Disponibilizamos os nossos postos e a Agevisa cedeu as vacinas”.

Caminhoneiros foram conscientizados sobre o usos de máscaras e álcool em gel

Os caminhoneiros aprovaram a ação, além de receberem a vacina, são orientados sobre o coronavírus e importância da higienização das mãos. “Estou voltando para casa e aqui no estado de Rondônia é muito acolhedor. Além da vacina, ganhamos máscaras e fomos conscientizados sobre a importância do uso álcool em gel. Passamos 40 até 50 dias fora de casa e esse é o primeiro estado que vejo fazendo essa imunização”, relata o caminhoneiro de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Wilhen da Silva de 32 anos.

A facilidade de ser imunizado contra a gripe H1N1 agradou o caminhoneiro de Vilhena, Juarez Simões Lopez , 53 anos. “É a primeira vez que tomo a vacina porque não tenho tempo para me deslocar para o posto de saúde. Assim, fica fácil e nos sentimos protegidos”.

De acordo com a gerente técnica da Agevisa, Elisane Melo, essa ação de vacinação contra a H1N1 aconteceu também no posto da Polícia Rodoviária Federal de Ji-Paraná e Vilhena. Cada município recebeu 200 doses de vacina.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias