Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019 - 08:37 (Polícia)

12
Não recomendado para menores de 12 anos

‘BATE-ESTACA’ É BALEADO EM CONFRONTO COM A FORÇA TÁTICA E OUTRAS TRÊS SUSPEITOS SÃO PRESOS

Durante um trabalho de investigação após receberam uma denúncia apontando que o suspeito estava em uma residência na Rua Camaquã, bairro Fortaleza, por trás do Posto de combustível "Carga Pesada"


Imprimir página

Porto Velho, RO - Marcelo B. S. 35 anos, vulgo "Bate-estaca", Leonardo S. M. 19 anos, Paulo E. P. da C. 19 anos e um moto taxista que não teve o nome revelado foram presos nesta madrugada de quarta-feira (18), durante um trabalho de investigação após receberam uma denúncia apontando que o suspeito estava em uma residência na Rua Camaquã, bairro Fortaleza, por trás do Posto de combustível "Carga Pesada" região leste da capital.

De acordo com as informações ao que consta no histórico do boletim de ocorrência os policiais militares da força tática do 5º batalhão receber informações que o suspeito bate-estaca estava escondido em uma residência no bairro São João Batista e resolveram fazer averiguação no entanto antes de chegar no local avistaram o mototaxista com passageiro saindo em alta velocidade resolveram fazer acompanhamento sendo dado a ordem de parada e foram abordados na BR 364 a menos de 100 metros do Trevo do Roque, onde durante a revista foi localizado na cintura do suspeito Leonardo uma pistola calibre 9 mm com munições no carregador.

Durante diligências, os policiais pediram apoio de outras guarnições para que pudessem ir até o bairro Fortaleza, onde havia uma outra denúncia de que um carro modelo gol de cor escura de aplicativo, estaria dando cobertura ao suspeito "bate-estaca" e se deslocaram até o local onde perceberam que o carro chegou e logo saiu, porém, foi feito o acompanhamento, onde foi dada ordem de parada, no entanto, o motorista acelerou e começou a fugir dando início a uma intensa perseguição, sendo parado somente no bairro Agenor Martins de Carvalho, onde foi feita a abordagem e durante a revista nada de ilícito foi encontrado.

A polícia acredita que ele tenha fugido para poder tirar o foco do suspeito que havia ficado na residência, mas uma guarnição que estava próxima fez o cerco e avistou o suspeito tentando fugir e ele efetuou vários tiros contra os militares que revidaram a injusta agressão e foi atingido com três tiros sendo preso de posse também de uma pistola calibre 9 mm municiada. Os policiais o socorreram até ao pronto socorro do hospital João Paulo II, onde ficou hospitalizado sobe escolta dos policiais militares. Os demais envolvidos foram conduzidos para central de flagrantes para as devidas providências que o caso requer.

Fonte: 015 - NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias