Segunda-Feira, 25 de Março de 2019 - 17:33 (Saude)

L
LIVRE

BARRIGA CHAPADA NA GRAVIDEZ? CONFIRA OS SINAIS DE UMA GESTAÇÃO SAUDÁVEL

Claudia Leitte quase não aparenta estar grávida aos cinco meses, já Tatá Werneck, com dois meses de gravidez já mostra a barriga saliente.


Imprimir página

Em 2019, famosas brasileiras darão à luz, como é o caso da atriz e comediante Tatá Werneck, 35 anos, e da cantora Claudia Leitte, 38 anos. As duas exibem a evolução da gravidez no Instagram, matando a curiosidade dos fãs.

Recentemente, Claudia Leitte postou uma imagem aos cinco meses de gestação e levou muitos fãs ao questionamento, já que continua com a barriga ‘chapada’. A cantora, mãe de Davi, 10 anos, chegou a dizer que a última parte em seu corpo que costuma mudar na gravidez é a barriga e que primeiro percebe alterações na face, que se torna mais arredondada, e nos seios, que aumentam de tamanho.

Já a atriz Tatá Werneck tem divertido os fãs no Instagram com imagens sobre o cotidiano de sua primeira gestação, de apenas dois meses, mas diferente da cantora Claudia Leitte, Tatá já apresenta uma barriguinha saliente.

Qual o biotipo considerado saudável em uma gestação?

Ter uma barriga chapada na gravidez é normal? O quanto uma mulher engorda na gestação ou as transformações que ocorrem no corpo são muito particulares e, também dependem, em grande parte dos casos, da genética da mulher e dos hábitos alimentares.

Segundo uma pesquisa americana, publicada no jornal Obstetrics & Gynecology, periódico oficial do American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG), 47% das grávidas ganham mais peso do que o recomendado durante a gestação. Esse estudo foi conduzido com aproximadamente 44 mil mulheres americanas, que deram à luz entre os anos de 2010 e 2011.

O que essa pesquisa mostrou foi que as mulheres obesas ou com sobrepeso apresentam maior probabilidade de engordarem além do que deveriam. O que vale também ressaltar é que o excesso de peso pode dificultar a gravidez.

Há um parâmetro dentre os especialistas de que o recomendado é que a mulher, no período da gestação, de até 40 semanas, engorde entre 7 e 15 kg. Vale salientar que durante muitos anos se falava sobre a mulher na gravidez ‘comer por dois’, o que já foi há alguns anos desmistificado por muitos estudos na área da saúde. O recomendado é que a mulher se alimente de maneira saudável e que preferencialmente faça alguma atividade física moderada com acompanhamento.

Equilíbrio é essencial em uma gestação saudável

‘Nem o céu, nem a terra’, o ideal é que a grávida preze por sua saúde e pela saúde da criança. Mulheres que já têm hábitos mais saudáveis podem apresentar mudanças mais discretas na gestação, como é o caso recente da Claudia Leitte e de muitas outras celebridades brasileiras e internacionais.

Em pesquisa realizada pelo portal Trocando Fraldas, com 60 mil usuárias, foi mostrado que as mulheres costumam descobrir a gestação geralmente entre 7 semanas e 1 dia. A barriga, segundo as entrevistadas, começa a aparecer com 12 semanas de gravidez. A ideia do portal era tentar compreender como as mulheres percebem no corpo  evolução da própria gestação.

É importante que todo o processo de mudanças durante a gravidez seja acompanhado diretamente por um especialista. Muitas mulheres costumam se preocupar com o ganho de peso (processo natural) durante a gravidez, mas vale o alerta de que realização de dietas restritivas com o intuito de barrar o ganho de peso, podem prejudicar a criança e colocar em risco o desenvolvimento da gestação.

Apresentar uma ‘barriga chapada’ aos cinco meses de gestação não é sinônimo de uma gravidez não saudável, o que deve ser avaliado são os hábitos da gestante e como a gravidez tem se desenvolvido. Casos como o de Claudia Leitte são muito comuns, e geralmente, a demora para aparentar o ‘barrigão’, na verdade, está relacionada com o estilo de vida e fatores genéticos. 

Fonte: Redação Biquara Contents

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias