Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019 - 17:34 (Cultura)

L
LIVRE

ASFALTÃO PARTICIPA DE FESTA ALUSIVA AO DIA NACIONAL DO SAMBA

"... Sorria, que o samba mata a tristeza da gente, quero ver o meu povo contente, do jeito que o rei mandou..." (João Nogueira)


Imprimir página

Então você poderá espantar essa tristeza com muito samba, neste sábado, dia 7 de dezembro, a partir das 16hs, no Calçadão do Manelão, em frente ao Mercado Cultural, Centro Histórico de Porto Velho, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Fundação Cultural, promove evento para comemorar o dia Nacional do Samba com uma grande festa. Será um encontro de sambistas e escolas de sambas de nossa cidade. 

A Família Asfaltão é uma delas. A Escola de Samba das cores Amarelo, Preto e Branco, participará em dois momentos.  

O primeiro momento do Asfaltão, será como realizadora do Projeto Samba Autoral, que neste dia realizará a 49ª Edição e última do ano, que vem todo dedicado ao magistral Mestre Sala do nosso carnaval, o nosso saudoso Cabeleira, que partiu com seu bailado para plano superior, o qual terá dedicatória especial no encarte, caderno produzido a cada edição deste lindo projeto, que impulsiona inspirações de poetas e poetisas com composições que não deixam nada a dever às produções de grandes centros do Brasil.

"... SALVE, SALVE O MEU SAMBA AUTORAL, TODOS OS MÚSICOS E SUA MAESTRIA..." (trecho de exaltação do projeto, composto pelo Mestre Bainha com seus parceiros Oscar e Zé Baixinho, que formam o Trio de Ouro)

O Projeto Samba Autoral, reúne e agrega bambas, com uma linda harmonia musical, com percussionistas, músicos, compositores, compositoras, intérpretes e o público que acompanha e que está sempre presente apoiando e valorizando estes trabalhos. São pessoas que defendem pavilhões e cores diferentes, mas que somam como Resistência em defesa da Bandeira do Samba.

"...NA APOTEOSE SURGE ELA..." (trecho do hino de exaltação da Bateria da Escola, composto por Waldison Pinheiro e Lamisson) 

O segundo momento, surgirá a Escola de Samba Asfaltão, que assim como as demais agremiações, será com a apresentação de uma trupe do Asfaltão, composta pela Pura Raça, a Bateria nota 10 da Escola, com ritmistas formados em suas Oficinas de Percussão; o Primeiro Casal de Mestre e Sala e Porta Bandeira e Passistas adultas e mirins. A trupe será composta também pela equipe de Harmonia com Intérpretes e os músicos responsáveis pelos harmoniosos cavaco e violão. Assim se apresentará a Escola que tem o Tigre como símbolo. 

"Antes de qualquer coisa, queremos sobre tudo, apresentar parte de alguns passos dados durante o ano de 2019,  com foco no desfile de 2020, respeitando o público e valorizando o investimento público, o qual assim como as demais obrigações do ente público, tem verba específica, destinada à cultura popular, que nada mais é, do que retorno em forma de entretenimento às pessoas de bem de nossa cidade", Disse Danilo Cardoso, Presidente da Escola de Samba Asfaltão. 

Dentro da Programação, tem também o Projeto Damas do Samba, com a participação de talentosas e valorosas cantoras, como Iná, Gabriê, Carol Aguir, Sara Gabriela e Rejane Castro. conduzido pela Acadêmicos da Zona Leste. 

Terá também um grande Show do cantor e compositor Beto Cezar. 

É uma vasta e rica a programação vale a pena ir prestigiar.  

Reforçando o convite, será, neste sábado, dia 7 de dezembro a partir das16hs, no Calçadão do Manelão.

Fonte: 010 - Silvia Silvinha

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias