Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019 - 15:40 (Política)

L
LIVRE

APÓS ONDA DE ATAQUES, ROCHA QUEBRA O SILÊNCIO: ‘O GOVERNO ESTADUAL NÃO NEGOCIA COM CRIMINOSOS, NEM FACÇÕES’

Rocha anunciou o que foi feito ainda quando era Secretário de Justiça no Governo Confúcio Mouro para coibir as ações dos detentos com o mundo exterior.


Imprimir página

Por Wanglézio Braga
Da Redação do News Rondônia

O governador, Marcos Rocha (PSL), resolveu se manifestar sobre os atentados ocorridos em Rondônia na semana passada e início desta. A manifestação sobre o assunto foi bastante cobrada pelos internautas nos últimos dias. Via Redes Sociais, o executivo parabenizou na noite de ontem (17) os integrantes da Segurança Pública do Estado e enfatizou: “O governo Estadual não negocia com criminosos, nem facções”.

O governador escreveu que “as alegações de que estão sofrendo algum tipo de opressão apenas é o espelho de uma frustração com sistemas e condições mais rígidas adequadas ao regime penal. É simples: basta não seguir o caminho do crime. É apenas o cumprimento da justiça”.

Rocha anunciou o que foi feito ainda quando era Secretário de Justiça no Governo Confúcio Mouro para coibir as ações dos detentos com o mundo exterior. “Os presídios colocados como "opressores" são aqueles iniciados no período que estive como Secretário da Justiça e entregues agora, como Governador. No projeto, por exemplo, foram cortadas tomadas para evitar comunicações por celulares e implementado sistemas para reduzir chances de rebelião, fuga e, consequentemente, ter-se um rigoroso controle, evitando ligação com o externo”, explicou.

Em relação aos atentados, o governador fez questão de dizer que os incêndios criminosos a um carro da EMDUR, ônibus e a viatura do Corpo de Bombeiros eram equipamentos que serviam à população. E enalteceu que os criminosos já estão em poder da justiça.

“Os criminosos foram identificados pelo competente trabalho das Polícias Militar, Civil e Agentes Penitenciários. TODOS já estão presos. Trabalho altamente eficiente dos nossos homens. Resposta rápida e clara”, concluiu.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias