Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019 - 09:38 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

APÓS ENTRAR EM HOTEL COM O EX, MULHER É ENCONTRADA MORTA

Luciana foi encontrada por funcionários do hotel, deitada em cima da cama, já sem vida. O principal suspeito da morte é seu ex-namorado, D.D.M., de 39 anos.


Imprimir página

CUIABÁ  (MT) - Uma mulher de 32 anos identificada como Luciana Aparecida da Silveira foi encontrada morta no Hotel Trevo, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), na manhã desta quarta-feira (10).

Luciana foi encontrada por funcionários do hotel, deitada em cima da cama, já sem vida. O principal suspeito da morte é seu ex-namorado, D.D.M., de 39 anos.

O casal chegou junto ao hotel na segunda-feira (8), por volta das 12h30, e o homem saiu sozinho por volta das 15 horas, deixando o quarto trancado. A mulher não havia mais sido vista desde então.

Assim que o corpo foi encontrado, as polícias Militar e Civil foram acionadas. Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) apurou, preliminarmente, que a causa da morte foi por asfixia.

Até o momento o ex-companheiro da vítima não foi localizado. O caso será investigado pela DHPP.

Histórico do casal

No dia 22 de junho deste ano, Luciana havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-namorado, afirmando que já havia sido agredida por ele diversas vezes e, inclusive, já tinha uma medida protetiva contra ele, mas que havia sido retirada por ela voltar a conviver com o ex.

Porém, conforme o boletim de ocorrência, depois que ela voltou a conviver com ele as ameaças e agressões físicas passaram a ser frequentes e, por não aguentar mais a violência e, por medo, ela resolveu sair escondida de casa.

Ainda conforme o relato da vítima, as ameaças do ex-companheiro já estavam sendo estendidas aos parentes dela. O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande como lesão corporal e ameaça.

Em março deste ano, no entanto, o suspeito é que havia registrado um boletim contra Luciana, afirmando que ela havia saído de casa, mas o estava ameaçando e, inclusive, teria ido até o trabalho dele e dito que o irmão dela iria matá-lo.

Segundo o boletim de ocorrência, o ex-namorado de Luciana relatou que, alguns dias depois, o irmão dela o teria ameaçado com uma arma de fogo.

No boletim, ele afirmou que a ex tinha problemas psicológicos e estava incitando o irmão dela a ameaçá-lo.

Fonte: o livre/newsrondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias