Sexta-Feira, 15 de Março de 2019 - 14:32 (Comercio e Industrias)

L
LIVRE

APOIO DO GOVERNO DE RONDÔNIA A MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS VISA PRESERVAR MERCADO ATÉ 2022

Um dos principais instrumentos para fortalecer o setor é o Banco do Povo, cujo limite de crédito para esse setor aumentou de R$ 10 mil para R$ 30 mil por investidor


Imprimir página

Rondônia abre ainda mais as portas a pequenos e microeempreendedores individuais (MEIs), com a oferta de consultorias e oportunidades para identificar necessidades e tendências de negócios até 2022.

Um dos principais instrumentos para fortalecer o setor é o Banco do Povo, cujo limite de crédito para esse setor aumentou de R$ 10 mil para R$ 30 mil por investidor, este ano, informou hoje (15) o gerente de MEIs da Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), Clébio Billiany de Mattos.

“Eficiência e eficácia” são o binômio que levam a Sedi a valorizar e manter convênios anteriores e criar novos com instituições públicas e privadas. Para tanto, iniciou levantamento com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae).

“Aos empreendedores, facilitaremos também o acesso ao grande leque de investidores externos”, explicou Clébio de Mattos. “A organização do café é uma das prioridades”, informou.

Em 2019, esse conjunto pretende dar visibilidade e melhores condições para que microempreendedores individuais (MEIs) se mantenham no mercado. “São eles que empregam”, disse Mattos.

No País, microempreendedores individuais têm alta relevância na economia. São responsáveis por 27% do Produto Interno Bruto (PIB), proporcionam 70% dos empregos nacionais e um volume de negócios de R$ 57,7 milhões.

Segundo Mattos, que tem pós-graduação e mestrado em administração e assumiu o cargo em 29 de janeiro, ainda falta conhecimento de micros e pequenos a respeito das linhas de crédito disponíveis. Por esse motivo, a superintendência reuniu suas coordenações e firmou o compromisso para um período de três anos. São quatro: Tecnologia e Inovação; Indústria, Comércio e Agro; Comércio Exterior; Microempreendedores Individuais.

CINCO MANDAMENTOS DA SEDI

I) Identificar necessidades/tendências e problemas;

II) Definir o problema adequadamente;

III) Buscar recursos:

IV) Identificar barreiras e monitorar;

V) Identificar como monetizar o negócio.

PIB RONDONIENSE

Rondônia tem 1,78 milhão de habitantes, é o 23º estado em população, com média de 7,52 habitantes por quilômetro quadrado. Seu PIB alcançou R$ 39,4 milhões em 2016, situando-se em 22º lugar, e a renda per capita (por cabeça), R$ 22,07 mil, 13º lugar.

PIB BRASILEIRO

PIB é a soma de todos os bens e serviços finais do País. De acordo com o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central em 14 de janeiro, este ano ele passou de 2,53% para 2,57%.  Em 2017, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB cresceu 1,0% em relação a 2016, totalizando R$ 6,56 trilhões (2,05 trilhões de dólares estadunidenses. Esse pequeno crescimento verificou-se após duas quedas consecutivas, ambas superiores a 3%, em 2015 e 2016. Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Brasil foi a 8ª economia do mundo em 2017.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias