Sabado, 14 de Dezembro de 2019 - 11:49 (MINHA HISTÓRIA)

L
LIVRE

AMOR: OPERADOR DE TRATOR PEDE DESCULPA À MÃE POR ‘NÃO TER VIRADO DOUTOR’ E VÍDEO VIRALIZA

Centenas de internautas comentaram sobre a humildade e dignidade do jovem operador, além da importância do seu trabalho para a alimentação de milhões de brasileiros.


Imprimir página

Em um vídeo tocante, de derreter o coração, um jovem operador de trator pede desculpas à mãe “por não ter virado doutor”. No vídeo de três minutos, ele sustenta, emocionado, que sua profissão é um sonho de infância e que simplesmente ama trabalhar na roça com os tratores.

“Oi mãe, vim aqui falar com a senhora. Pedir desculpa para a senhora que me mandou tanto estudar; e hoje eu tô aqui. Queria pedir desculpas para a senhora porque eu não fiz um doutorado, não sou um advogado ou um professor, ou algo assim, [advindo] do estudo”, começa.

Ele aponta para os tratores atrás dele, e afirma: “Ali está minha vida. Minha paixão. É meu sonho de criança“.

“Hoje eu não tô aqui porque eu quero, eu tô aqui porque tenho amor por aquilo lá. Depois que eu conheci a agricultura, nunca mais fui a mesma pessoa, porque isso aqui me faz viver. Como o motor de uma colheitadeira, como o motor de um trator, eles giram, e meu coração também. Se eu ficar longe disso, meu coração para", conta.

O jovem pontua que seu trabalho, antes de mais nada, é digno e que ele se orgulha do que faz. “A gente trabalha dignamente. Porque se não for por nós, revisando aqui as colheitadeiras, ou estar aqui plantando a soja, o arroz, o feijão, não vai chegar à mesa de ninguém.”

Está certíssimo, né não, gente? 👏

Nesse momento, ele se emociona, e vai às lágrimas. “Estamos aqui plantando e colhendo, trabalhando noite e dia, para levar o sustento para nossa casa e para a casa de vocês também. Então, tenho orgulho do que faço! É com emoção que falo, que amo o que faço. Não minto, falo de coração”.

O operador de máquina conta que toda vez que entra no trator, se enche de orgulho. “Sei que estou fazendo a coisa certa”, afirma. Ele não precisa nem dirigir, basta entrar no trator, para ficar orgulhoso. “Porque é meu sonho de criança, quando eu brincava com aqueles carrinhos de madeira… Por quanto tempo eu não sonhei?”, confidencia.

O jovem agradece por estar realizando seu sonho. “Estou a mil quilômetros da minha mulher… Pra estar aqui, trabalhando. Por paixão. Agradeço a Deus todos os dias por me dar força e coragem pra mim lutar.”

Por fim, emocionado e demonstrando muita humilde, o rapaz diz que “só quer fazer o que gosta”.

“Não sou grande coisa não, mãe, mas um dia vou chegar lá. Não quero ser ninguém nessa vida, eu só quero fazer o que eu gosto. Agricultura é minha vida! Maquinário também. Deixo aqui um salve pra todos vocês, operadores [de máquinas]”, concluiu.

Publicado no perfil do Razões no Instagram, o vídeo viralizou. Em 12 horas, já soma mais de 250 mil visualizações e 60 mil curtidas.

Centenas de internautas comentaram sobre a humildade e dignidade do jovem operador, além da importância do seu trabalho para a alimentação de milhões de brasileiros.

“Queria viver em uma sociedade em que todo trabalho tem o mesmo peso social. Imagina um gari sendo respeitado da mesma forma que um médico, um advogado? Afinal, quem constrói o Brasil são os trabalhadores da base”, disse um seguidor.

“O que importa é ser feliz; certeza que sua mãe morre de orgulho por você ser tão honesto e trabalhador!”, escreveu uma seguidora. “Se a gente não faz o que ama, que nos satisfaz, estamos vivendo errado”, comentou outro.

Fonte: razoesparaacreditar.com

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias