Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019 - 13:49 (Geral)

L
LIVRE

ALUNOS DA UNIR FECHAM, EM PROTESTO CONTRA CORTES NA EDUCAÇÃO, A AVENIDA 7 DE SETEMBRO

Na pauta de reivindicação, os cortes de 30% anunciados pelo governo Bolsonaro na educação superior para universidades e institutos federais e o impacto caso realmente ocorra.


Imprimir página

A Avenida 7 de Setembro, no centro de Porto Velho, foi fechada hoje (15) em protesto por estudantes da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Na pauta de reivindicação, os cortes de 30% anunciados pelo governo Bolsonaro na educação superior para universidades e institutos federais e o impacto caso realmente ocorra. 

Com faixas e cartazes nas mãos, os estudantes e alguns professores e servidores da UNIR, pediram sensibilização da população para que fiquem atentos ao chamado desmonte da educação pública gratuita.

Em praça pública eles também expuseram banners e posters de pesquisas realizadas na área de arqueologia que comprova o comprometimento com a pesquisa científica e a educação. Durante o dia de ontem (14), os estudantes confeccionaram cartazes e bandeiras que abrilhantaram as manifestações.

Os acadêmicos da UNIR, por meio do Diretório Central do Estudantes (DCE), e Centrais Sindicais prometem extensa agenda durante todo o dia de hoje seguindo uma tendência nacional proposta pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

De acordo com o cronograma, às 15 horas, haverá uma concentração e agitação na UNIR Centro. Já às 16 horas, um ato unificado com a Diretoria Executiva do Sintero, juntamente com a Regional Norte, e o Instituto Federal de Rondônia (IFRO) promete milhares de pessoas na Praça da Três Caixa D’ Água. 

Fonte: NewsRondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias