Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020 - 10:32 (Polícia)

L
LIVRE

ALERTA: PM DÁ DICAS PARA EVITAR GOLPE DO FALSO SEQUESTRO EM RO

Várias ocorrências foram registradas na Unisp


Imprimir página

Após ocorrências registradas na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), em Vilhena, onde pessoas estão sendo enganadas por estelionatários, ou seja, literalmente caindo no golpe do falso sequestro, a Polícia Militar (PM), emitiu nota com dicas orientado o cidadão vilhenense de como proceder nesses casos.

Em virtude da incidência recorrente do golpe do falso sequestro, o 3º Batalhão de Polícia Militar divulga algumas orientações para que as possíveis vítimas possam identificar a ligação e não cair no golpe.

1 – Ao receber uma ligação, seja no telefone fixo ou celular noticiando sequestro ou similar, desligue imediatamente o telefone, não atenda ligações de números restritos ou com DDD de outros Estados e procure manter contato com o familiar que supostamente foi sequestrado. Caso não consiga, acione a polícia.

2 – O nervosismo faz com que a vítima do golpe sem perceber, de informações e nomes de parentes ao golpista. Geralmente, ao ouvir choro ou grito a vítima sem perceber menciona o nome de algum parente para o golpista. nunca mencione nomes de parentes ou amigos quando receber qualquer ligação dessa natureza.

3 – Nos sequestros reais as ligações são curtas, pois os sequestradores sabem que ligações longas facilitam o rastreamento pela polícia.  Se o golpista durante a ligação mandar a vítima não desligar o telefone e continuar falando, deve-se desligar imediatamente. É recomendável não atender ligações de números privados.

4 – Algumas ordens que os golpistas dão às vítimas são: Não desligar o telefone – não falar com nenhum familiar – diz saber onde a vítima mora ou trabalha – colocar alguém gritando ou chorando para que a vítima pense se tratar de um familiar – mandar efetuar depósito em contas através de lotéricas – ordenar que a vítima vá para um lugar onde não há outras pessoas – pedir contatos de familiares ou amigos.

5 – Pessoas idosas são mais fáceis de serem manipulados, em uma única ligação os golpistas conseguem informações importantes de familiares. família, oriente os idosos sobre o golpe, explicando que caso alguém ligue ameaçando ou dizendo que sequestrou um familiar, é golpe.

6 – Em sequestros reais os sequestradores não pedem que se faça depósito em conta, pois isso facilitaria o rastreamento e a prisão dos sequestradores. Ao receber uma ligação desse teor e ficar em dúvida, liga para a Polícia Militar (190). mesmo que tenha caído no golpe, procure a polícia e registre a queixa.

Fonte: 015 - Extra de Rondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias