Sabado, 19 de Janeiro de 2019 - 15:56 (Política)

L
LIVRE

ALEKS PALITOT REALIZA BLITZ NA SAÚDE

No Pronto atendimento 24 horas Dr. José Adelino da Silva e Ernandes Índio na Zona Leste da capital, haviam dois médicos no plantão, um clínico geral e um pediatra.


Imprimir página

Cumprindo suas metas de fiscalizações, o Professor Aleks Palitot, realizou na tarde desta quinta-feira (03), sua primeira Blitz da Saúde de 2019. Três unidades foram visitadas pelo vereador e sua equipe que avaliaram itens como a falta de medicamento à condições físicas dos postos de atendimento.

No Pronto atendimento 24 horas Dr. José Adelino da Silva e Ernandes Índio na Zona Leste da capital, haviam dois médicos no plantão, um clínico geral e um pediatra. Em conversa com servidores, estes relataram novamente a necessidade de contratação de profissionais para atendimento das áreas descobertas.

Outra questão relevante percebida durante a ação é a falta de estrutura de trabalho para os profissionais. Faltam equipamentos básicos para odontologia e consultórios médicos, “o que inviabiliza o atendimento à população daquela região”, explica Palitot.

 

 

 

 

Na Unidade de Saúde Castanheira, Zona Sul de Porto Velho, ate o horário em que a equipe de assessores esteve presento, o atendimento estava normal, porém, segundo informado por populares, o problema é à noite devido ao grande fluxo de pacientes que se encaminham aquela unidade.

A falta de profissionais no laboratório e farmácia são as principais reclamações. De acordo com servidores, um problema que ocorre desde que por determinação do gabinete do prefeito foram cortadas as horas extras na pasta da saúde. Os pacientes atendidos à noite, tem que retornar pela manha caso necessitem de medicamento ou realizar exames laboratoriais.

Fim de Ano

Para fechar o ano de 2018, o Professor Aleks Palitot e sua equipe realizaram ainda uma blitz. Divididos em equipes os nove assessores e o vereador se direcionaram por volta das 19 horas, do último dia 27 às unidades da Zona Leste, Zona Sul e Zona Norte, onde conversaram com populares, servidores e diretores das unidades para verificar as necessidades de cada pronto atendimento.

Na Policlínica Ana Adelaide, Zona Norte de Porto Velho, até o momento em que a equipe chegou ao local, 253 registros haviam dado entrada na unidade que atendia com quatro médicos. Em sua fiscalização o Professor Aleks Palitot encontrou problemas recorrentes como a infiltração na enfermaria pediátrica e móveis remendados.

Os dois banheiros da unidade estavam interditados e foi visto problema na instalação elétrica. Um ponto positivo foi o sistema de refrigeração novo, solicitado pelo vereador. “Nossa preocupação maior é o atendimento aos pacientes durante o período de férias em que muitos médicos, enfermeiros e técnicos tiram seu recesso e cuja a demanda tende a aumentar”, explica Palitot.

Upa Leste e Sul

Outra equipe de assessores do gabinete do Professor Aleks Palitot no mesmo horário se dirigiu à Upa Zona Leste. Na unidade foi constatado lotação na sala de espera, haviam pacientes aguardando atendimento desde às 15 horas. Na Upa Sul, até o início da noite haviam sido registrados 281 atendimentos. Populares reclamavam da lentidão devido à ausência de médicos plantonistas.

 

 

 

 

“Vamos continuar trabalhando e cobraremos mais eficiência neste serviço, pois a população não pode ficar a mercê da sorte, principalmente nessa época de fim de ano.  Providenciei os devidos encaminhamentos esperando que o Executivo Municipal atenda às necessidades da população.” afirmou Palitot.

Fonte: assessoria

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias