Domingo, 23 de Fevereiro de 2020 - 08:01 (Eventos)

L
LIVRE

ALEGRIA, IRREVERÊNCIA E CASAMENTO: ASSIM FOI OS 40 ANOS DA BANDA DO VAI QUEM QUER

Nascida de 1981, a Banda faz parte de muitas histórias.


Imprimir página

A alegria e a irreverencia tomou novamente a ruas da região central de Porto Velho com o desfile de 40 anos da “Banda do Vai Quem Quer”.

Foram quatro grandes eventos para comemorar o aniversário da Banda, para alguns brincantes até nostálgico. A lembrança do saudoso General espalhada pelos banners, camisas, nas rodas de amigos.

Chegou o grande dia, “mais um sábado de carnaval e fora da rotina, mas não incomum, a filha do saudoso Manelão  iniciou a festa do momo, casou na Banda. E não foi a única, da organização, teve a Yalle e o Mestre do Carnaval, Sylvio Santos.

Foi uma  festa popular que arrastou milhares de pessoas que usam essa data tradicional para alegrar a vida, que não anda fácil, se fantasiando das mais diferentes composições. Teve Homem de Ferro, Mulher Maravilha, Os Smurffs, Minnie, O cara da Caixa e muito mais. Criatividade não faltou.

Continuando teve flores, amores e Jadis. Um arrastão de pessoas que contabilizou mais de 100 mil.

Nascida de 1981, a Banda faz parte de muitas histórias. Como diz a letra “Seu Manelão, eu quero mais um dia, um sábado só é pouco...” nesse embalo milhares de foliões aproveitaram a banda lotando as ruas do percurso.

E assim se foi o sábado de carnaval e agora aguardar 2021 para comemorar 41 anos da BANDA DO VAI QUEM QUER.

Fonte: NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias