Sabado, 24 de Agosto de 2019 - 09:24 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

ALCOOLIZADO, HOMEM DISCUTE COM MULHER, A MATA E PEDE AJUDA A VIZINHOS

Quando um dos vizinhos entrou na casa, encontrou a mulher deitada na cama e ensanguentada


Imprimir página

Mato Grosso - Um homem de 39 anos foi preso nessa sexta-feira (23) depois de matar a esposa, de 38 anos, dentro da casa deles, no Bairro Bela Vista, em Chapada dos Guimarães (70 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada por um vizinho depois que o suspeito foi até ele e pediu que chamasse o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pois sua mulher estava ferida.

Ao ver o desespero do homem, o vizinho foi até a casa dele e encontrou a mulher deitada na cama e com sangue na cabeça. Imediatamente, ele acionou o Samu e a Polícia Militar.

Conforme o boletim de ocorrência, quando a equipe da PM chegou ao local, encontrou o suspeito deitado em cima da vítima, com os braços sobre a cabeça dela.

Ele foi retirado do local, algemado e colocado na viatura. O Samu chegou nesse momento, mas apenas pode constatar que a vítima já estava sem vida.

A Polícia Judiciária Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas para dar início aos procedimentos de investigação.

Questionado sobre o que aconteceu, o homem disse que houve uma discussão, mas não se lembrava realmente de tudo. Ele afirmou também que estava sozinho na casa com a companheira e não sabia o que tinha usado para feri-la.

Os policiais fizeram buscas no quintal, mas não encontraram o possível objeto utilizado no crime. A suspeita é que ele tenha usado um machado. Há informações extraoficiais de que a mulher estava grávida de seis meses.

Outra vizinha do casal afirmou que o suspeito também foi à casa dela pedindo que ela acionasse o Samu, pois teria matado a mulher, mas quando ela saiu de casa, observou que ele estava com as mãos sujas de sangue e que o outro vizinho já tinha chamado o socorro e a polícia.

O suspeito foi encaminhado para o Hospital Municipal, pois estava com uma lesão na cabeça. Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, ele estava em visível estado de embriaguez, com olhos vermelhos, fala desconexa, sem equilíbrio e odor de álcool. Ele afirmou ter bebido com a vítima.

O caso foi registrado como homicídio doloso e será investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Fonte: 015 - Olivre

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias