Segunda-Feira, 20 de Abril de 2020 - 15:47 (Coronavírus)

L
LIVRE

ACRE DIZ QUE ESTADO TRABALHA COM PLANO DE 10% DE INFECTADOS PELO COVID-19

Neste domingo, 19, o Acre registra 163 casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, sendo 21 novos casos de infecção nas últimas 24 horas.


Imprimir página

Por Wanglézio Braga
Da Redação do News Rondônia

O Secretário de Saúde do Acre, Alysson Bestene, participou na semana passada da sessão remota realizada pela Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Na ocasião, ele comentou das ações que o estado vem realizando para combater a convid-19 e respondeu alguns questionamentos dos deputados sobre o cenário real da doença que já vitimou três pessoas.

Questionado sobre o número de leitos disponíveis na rede pública gerida pelo Governo, o Alysson informou que existem 58 leitos e que nos próximos dias vai adquirir por meio de contrato cerca de 80 respiradores que devem ser instalados nas unidades que foram usadas para tratar da doença.

Durante sua fala, o secretário também informou a possibilidade de receber doações de novos respiradores e da preparação do Instituto de Traumatologia do Acre (INTO). “Existe a possibilidade de recebemos a doação de alguns, mas, sabemos das dificuldades necessárias pela falta deles no mundo (...) sem contar que nos próximos dias vamos entregar o INTO, então, oficialmente o estado vai ter 68 leitos com respiradores. Essa entrega, de fato, vai ampliar o número de leitos”, explicou.

Um dado que o gestou lançou aos deputados é que o Estado vem trabalhando com um plano de contingência que prevê 10% da população seja infectada pelo novo coronavírus.

“Isso quer dizer que algumas pessoas podem ser infectadas e ter sintomas leves e outras graves. Por isso a gente sugere que cumpram a quarentena e que vá a UPA do Segundo Distrito em casos delicados ou que não dar para tratar em casa. De lá, da UPA, os casos mais graves são posteriormente encaminhados ao centro de referência que é o nosso Pronto Socorro”.

Perguntas referentes ao tratamento à base de hidroxicloroquina, azitromicina e corticoides, além que equipamentos de proteção individual aos profissionais de saúde, e recursos humanos para o enfrentamento à doença também foram lançados pelos deputados. Na ocasião, Alysson enalteceu o trabalho dos servidores da saúde e disse que quanto à medicação, os profissionais seguem as orientações do Ministério da Saúde do Brasil (MS) e a Organização Munidial de Saúde (OMS).

“O Acre recebeu 5 mil comprimidos de cloroquina e está comprando mais cinco. Temos 26 mil comprimidos de azitromicina (...) Tínhamos em estoque mais de 280 mil máscaras, quando eram distribuídas 18 mil. Quando a pandemia se instalou foram 160 mil máscaras em março. Compramos e estamos aguardando 400 mil máscaras cirúrgica e vamos comprar outras 400 mil”, disse.

Neste domingo, 19, o Acre registra 163 casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, sendo 21 novos casos de infecção nas últimas 24 horas. Seis mortes pela doença foram registradas e outros três óbitos aguardam confirmação por exames. O número, mais uma vez, comprova uma das principais características do coronavírus causador da Covid-19, uma infestação rápida e perigosa.

ALERTA PARA A CURVA

Segundo o Governo do Acre, “Bastaram dez dias, pouco mais de uma semana, para que a curva do crescimento da contaminação pelo novo coronavírus saltasse de 4 para incríveis 20 casos diários, no Acre. Isso significa um aumento de 500% no número de contaminados, no período, devendo manter em ascensão, caso as pessoas continuem deixando de obedecer às normas de isolamento social”. A análise tem como base os dados epidemiológicos do dia 9 de abril até este domingo, 19.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias