POLÍTICA & MURUPI: VIDENTES – POR LEO LADEIA

A única certeza é que a grana é curta e que o futuro dos futurólogos tá ruço. Rê, rê, rê, mizifi...
Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017 - 20:23

“Seria desejável que o estágio avançado de degradação de algumas das nossas instituições poupasse certas esferas da Justiça. Vê-se que não”.Ricardo Noblat sobre a um post do ministro Alexandre de Morais no twitter contra o jornalista Josias de Sousa.

1-Conto do vigário oficial

A cobrança da bagagem em voos começou em junho. Em setembro a Associação das Empresas Aéreas-Abear comemorou a redução no preço do bilhete entre 7% a 30% pela Avianca, Azul, Gol e Latam, mas pesquisa da confiável FGV mostrou a mentira.

Aí o DPDC - órgão de proteção ao consumidor do Ministério da Justiça vai processar os mentirosos, mas ocorre que o DPDC também mente. A Anac agência reguladora,autora da resolução e garantidora da redução no preço do bilhete não será processada. DPDC, Ministério da Justiça, Anac, é tudo governo, tudo mentira, tudo farinha do mesmo saco. E o povão ó: Top! Top!

2-Videntes

Logo surgirão videntes, sensitivos, oráculos e pesquisadore scom pesquisas “reais” dizendo que o fulano está eleito, que cicrano não é candidato por conta da ficha limpa, etc...

A cada dois anos a grana dos políticos percorre os mesmos caminhos “molhando a mão” de adivinhos bissextos, mas desta vez haja incerteza: ficha limpa é sim uma barreira para muitos candidatos e o descrédito dos políticos é tanto que promessas e projetos para debates em campanha são lixo parao eleitor. A única certeza é que a grana é curta e que o futuro dos futurólogos tá ruço. Rê, rê, rê, mizifi...

3-Combatendo o bom combate

O respeitado advogado Rochilmer Mello da Rocha Filho com o artigo “O combate à corrupção não pode ser travado com sacrifício aos princípios constitucionais - Parte I” abre não apenas o debate chamando a sociedade a refletir sobre a lei e o fio da navalha por onde andam os operadores de direito.

Em alguma hora o embate que parece incontornável entre OAB e MP irá ocorrer e está explícito no seu artigo: Desde a promulgação da CF de 1988, o MP vem alargando seu rol de atribuições [...] pouco mais de 02 anos [...] foi reconhecida a competência do órgão ministerial para promover investigações penais por conta própria desde que respeitados os direitos[...]. Gosto do tema. Adulto, maduro, profundo, necessário, pertinente e que envolve toda a sociedade. É a hora. 

4-Rios poluídos

Auditores do TCE literalmente entraram no rio Machado em Cacoal, com o secretário municipal de Meio Ambiente, Leandro Chagas para identificar esgotos e empresas poluidoras. Buscam dados sobre possíveis poluentes para cobrar solução dos gestores municipais.

Ocorre que as prefeituras de Rondônia na sua totalidade não possuem sistema de esgotamento sanitário e tratamento de dejetos. Se a moda pega basta citar os 52 prefeitos do estado. É simples assim.

5-Garrote nas microempresas

A Receita Federal irá bloquear 100 mil micro empresas do Simples Nacional - sistema simplificado de tributação dos que faturam até R$ 3,6 milhões/ano. Diz a Receita que elas recolheram tributos a menos e que se não regularizarem a situação junto ao Fisco saírão do programa. Gosto de ver o governo correndo atrás do prejuízo mas não vejo o mesmo empenho quanto a cobranças noutros segmentos como bancos, construtoras, estatais, empresas de aviação, mineradoras, etc. Cobrar apenas do pequeno que tem sistema contábil simplificado e autorregulado é fácil mas não é justo. 

6-Garrote seletivo

Há poucos dias o governo concedeu mais prazo para o novíssimo Refis, beneficiando devedores contumazes. Há poucos dias foi aventada a possibilidade de um novíssimo Proer para os bancos em dificuldades para manter seus lucros na lua. Há poucos dias o governo mudou a fiscalização do trabalho escravo com a novíssima portaria que arrocha o peão e refresca os donos das terras. Para Zé de Nana “é como jogar capoeira contra perneta ou bater pênalti contra goleiro cego”. Vixi!

leoladeia@hotmail.com
Facebook Leo LadeiaII

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.